Sharapova vence de virada e vai às quartas em Miami

Russa venceu Flipkens por 2 sets a 0, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1, em 2 horas e 4 minutos

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Musa russa precisou de uma virada, mas derrotou a belga Kirsten Flipkens
SITE OFICIAL/REPRODUÇÃO
Musa russa precisou de uma virada, mas derrotou a belga Kirsten Flipkens

A russa Maria Sharapova precisou de uma virada para se classificar às quartas de final do Torneio de Miami. Nesta segunda-feira, a número 7 do mundo avançou nos Estados Unidos ao derrotar a belga Kirsten Flipkens, 23ª colocada no ranking da WTA, por 2 sets a 0, com parciais de 3/6, 6/4 e 6/1, em 2 horas e 4 minutos.

Sharapova apresentou muitas dificuldades no seu saque durante a partida desta segunda-feira, tanto que cometeu dez duplas faltas contra seis da sua adversária. No primeiro set, Flipkens abriu 4/0 com duas quebras de serviço. A russa ainda devolveu uma delas, logo no quinto game, mas acabou sendo batida por 6/3.

No segundo set, foi Sharapova quem começou melhor e abriu 4/0, com duas quebras de serviço. Flipkens reagiu e devolveu ambas, uma delas no nono game, quando a russa sacava para fechar a parcial. A belga, porém, não conseguiu sustentar o seu saque no game seguinte, sendo batida por 6/4.

Sharapova, então, foi soberana no terceiro set. A russa abriu 3/0, com uma quebra de saque no segundo game. Ela ainda converteu outro break point, no sexto game, e em seguida fechou a parcial em 6/1 e o jogo em 2 sets a 1, se classificando às quartas de final.

Agora, a russa aguarda a definição da sua próxima adversária em Miami. Sharapova vai enfrentar a vencedora da parida entre a checa Petra Kvitova e a sérvia Ana Ivanovic.

Em outro jogo já disputado nesta segunda-feira, a alemã Angelique Kerber, número 9 do mundo, se garantiu nas quartas de final ao superar a russa Ekaterina Makarova, 24ª colocada no ranking, por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 1/6 e 6/3, em 2 horas e 10 minutos. Sua próxima adversária sairá do duelo entre as norte-americanas Serena Williams e Coco Vandeweghe.

Leia tudo sobre: tenisesportesharapova