Prandelli renova e comandará a Itália até a Eurocopa

Comandante faz um excelente trabalho e tem mudado a filosofia de jogo da Azzurra

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Prandelli, que faz um excelente trabalho, afirmou estar orgulhoso com a renovação
Associated Press
Prandelli, que faz um excelente trabalho, afirmou estar orgulhoso com a renovação

Independente do resultado da Itália na Copa do Mundo, Cesare Prandelli vai continuar no comando da seleção pelo menos até a Eurocopa de 2016, que será disputada na França. Pelo menos foi isso que garantiu nesta segunda-feira a Federação Italiana de Futebol (FIGC). Assim, chega ao fim uma novela que se prolongou pelos últimos meses.

Prandelli comanda a Itália desde o fracasso na Copa do Mundo de 2010, quando a equipe era treinada por Marcello Lippi e foi eliminada na primeira fase. Prandelli conseguiu o objetivo de reconstruir o time e levou a Itália ao oitavo lugar do ranking mundial. A equipe terminou em terceiro na Copa das Confederações e foi vice-campeã da Eurocopa de 2012.

"Neste momento, sinto uma grande satisfação. Estou orgulhoso de a federação ter me proposto uma renovação de dois anos, independente do resultado do Mundial. E é por essa razão que eu dei total prioridade à renovação", explicou Prandelli.

O treinador chegou a dizer que não renovaria o contrato, porque queria mais autonomia dentro da federação, mas depois voltou atrás. Na mira do Tottenham para a próxima temporada, ele assinará a extensão de contrato nas próximas semanas, segundo informa a imprensa italiana.

Ao continuar no comando da Itália por mais dois anos, Prandelli também garante que ficará até o fim do mandato do presidente Giancarlo Abete, com quem tratou a renovação. Ele trabalhará ao lado de Demétrio Albertini, ex-jogador da Itália, e comandará tudo que envolve a seleção, incluindo a montagem de calendário de jogos.

Leia tudo sobre: futebolesportecesare prandellitecnicoitaliaazzurrarenovacaocontrato