Workshop lança produtos e serviços

iG Minas Gerais |

Workshop da CVC
MIDAS INTERACTIVE DIVULGAÇÃO
Workshop da CVC
O 20º Workshop & Trade Show CVC abriu, na última semana, o calendário de grandes eventos do turismo brasileiro. Com um crescimento anual de 15%, a maior operadora do país está apostando em novos produtos, entre eles os lançamentos das séries Brasileiros no Mundo, Circuitos Europeus, Mais 40 e Circuitos Brasileiros de Praias, além de um programa todo dedicado à Flórida, nos Estados Unidos. O evento, que contou na abertura com a primeira aparição pública do novo ministro do Turismo, Vinícius Lages, reuniu, durante dois dias, no Expo Center Norte, em São Paulo, cerca de 550 marcas em 510 estandes, entre redes hoteleiras, companhias aéreas, locadoras de veículos, parques temáticos, empresas de receptivos, operadores internacionais e governos municipais e estaduais. Do exterior, 29 países marcaram presença.

Circuitos As maiores novidades foram os lançamentos das séries Brasileiros no Mundo, circuitos criados especialmente para os brasileiros em destinos como Austrália, Japão, Nepal e Índia, todos acompanhados por guias que falam português, e Mais 40, que pretende ligar, nos próximos dois anos, São Luís, no Maranhão, a Ilhéus, na Bahia, em viagens rodoviárias. “Nos próximos anos, 40 novas cidades serão incluídas nesses circuitos”, salientou Valter Patriani, vice-presidente da CVC. O programa começa, a partir de abril, nos circuitos Salvador-Ilhéus e Fortaleza-Jericoacoara. “É uma espécie de pacote dinâmico”, enfatiza o dirigente, afirmando que o turista poderá definir quantos dias, por exemplo, quer permanecer em cada cidade do roteiro. A ideia é conjugar as capitais nordestinas às cidades do interior de difícil acesso e aos destinos litorâneos. “Queremos que o turista aproveite a natureza das cidades nordestinas, principalmente aqueles que têm dificuldades de acesso”, acrescenta o vice-presidente da CVC. Recentemente, a operadora lançou para os agentes de viagens um folheto que prioriza o litoral Sul da Bahia. No exterior, o maior investimento são os Circuitos Europeus, com guias falando português e que custam, em média, US$ 160 ao dia por pessoa, incluindo aéreo, hospedagem, traslados, guia e permanência de três dias nas capitais europeias, sem a tradicional correria dos tours panorâmicos. Para a Flórida (EUA), foi criado um circuito que custará cerca de US$ 170 por pessoa, ao dia, incluindo Miami e os parques de Orlando.

Dólar Nem a Copa do Mundo nem a alta do dólar assustam os executivos da operadora. “A política do dólar reduzido é um sucesso e continua, inclusive, nas promoções especiais”, afirma Patriani, que rechaçou o pessimismo em relação à Copa do Mundo. “Os preços tendem a cair no período. Temos de combater a contrainformação de que na Copa tudo estará muito caro. Não é verdade”, defende. Ele lembra que, no Nordeste e na Serra Gaúcha, os jogos ocorrem apenas no mês de junho. “As oitavas-de-final são todas no Sudeste”, afirma. Nesse período, um pacote de São Paulo para Fortaleza, por exemplo, custará cerca de R$ 1.090, com aéreo, hospedagem, traslado e guia. “O brasileiro que procurar irá encontrar promoções”, diz.

Cartão A CVC lançou, ainda, o cartão de crédito co-branded com a sua marca, que passará a ser um dos principais meios de pagamento de produtos e serviços da operadora. Com vantagens no programa de fidelidade Viaje, eles estarão disponíveis nas versões internacional e gold e podem ser adquiridos em uma das 805 agências CVC no país. “O cartão tem como benefício o resgate dos pontos para viagens, que já é uma prática muito utilizada, mas agora será feita dentro da própria CVC”, explicou o presidente da operadora, Luis Eduardo Falco.  

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave