Autuori dá "puxão de orelha" por gol sofrido, mas valoriza clássico

Treinador do Galo ficou satisfeito com goleada, mas não gostou do fato de o time ceder o gol ao América após estar vencendo por 4 a 0

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Mesmo com a imponente atuação do Atlético na goleada sobre o América, por 4 a 1, nesse domingo, o técnico do Galo, Paulo Autuori, mostrou saber separar bem o emocional do profissional e não deixou passar em branco as falhas identificadas no duelo.  Desta vez, o "puxão de orelha" do treinador foi para o fato de o time ter deixado o Coelho balançar as redes. "Acho que quando se ganha, querem fazer algo que não passa de boa vitória. Quando perde, cai o pau. No intervalo do jogo, pedi equilíbrio para os jogadores. Não tomar gol é importante. Não gostei da equipe proporcionar a oportunidade de sofrer o gol", disse Autuori. O Atlético não encontrou dificuldades para superar o Alviverde na ida das semifinais do Campeonato Mineiro. Com menos de dois minutos de jogo, o Alvinegro já vencia por 1 a 0, e só foi sofrer o único gol quando tinha a vantagem de 4 a 0 no placar. Mesmo com o confronto nas mãos durante todo o tempo, Autuori valorizou o duelo. "Primeiro [tenho de] parabenizar. O jogo não foi fácil, se tornou menos difícil. Tem a ver com o que falamos sempre. Temos o grupo, todos bem, sempre vamos precisar de jogadores, a campanha é árdua, difícil", completou o técnico. Com a goleada, o Galo ampliou a vantagem que já tinha inicialmente e agora pode perder o jogo de volta por até três gols de diferença que se classifica à final do Campeonato Mineiro.

Leia tudo sobre: paulo autuorichamaatençaoatleticogaloamericagolsofridoclassicojogadoresmineiro