Tenta entrar com drogas no Ceresp

Mulher escondeu maconha e crack em preservativos dentro de sua parte íntima

iG Minas Gerais | Flávia Jardim |

Jovem queria levar a droga para o seu namorado que está preso no Ceresp Betim
Moisés Silva
Jovem queria levar a droga para o seu namorado que está preso no Ceresp Betim

Uma jovem de 19 anos foi presa após tentar entrar no Centro de Remanejamento Prisional de Betim (Ceresp), na região metropolitana de Belo Horizonte, com drogas escondidas dentro de sua parte íntima, na tarde de anteontem.

Durante uma revista de rotina, os agentes penitenciários encontraram com Fagna de Souza Menezes uma porção de crack e outra de maconha em dois preservativos que estavam inseridos dentro dela.

Segundo o delegado de plantão Tito Barichello, Fagna disse que a droga era para Renan Leal Gomes, de 25, que está cumprindo pena na cadeia por cometer violência doméstica contra outra mulher. “Ela alegou que eles são namorados e que ela quis agradá-lo ao levar os entorpecentes”, afirmou.

Tráfico

Ainda de acordo com o delegado, a suspeita, que tem um filho de um ano e dois meses com outro homem e não possui passagem pela polícia, vai responder por tráfico de drogas, o que pode resultar em uma pena de cinco a 15 anos.

"Infelizmente, essas mulheres que levam drogas para os presos não têm noção do risco que estão correndo. A consequência disso é muito grave porque, além de elas correrem o risco de serem presas, pode acontecer de o preservativo estourar e elas virem absorver uma grande quantidade de droga. Não adianta a pessoa pensar que não será pega, pois os agentes penitenciários são treinados para isso e, se o suspeito se negar a fazer a revista, eles podem levá-lo para fazer um raio-x no hospital", ressaltou Barichello.

Fagna foi presa em flagrante e conduzida para o Ceresp. Segundo o delegado, além dela, Gomes também será flagrado por tráfico de drogas e pode pegar de cinco a 15 anos de prisão.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave