Rafael Nadal supera Hewitt e avança na estreia em Miami

Espanhol abriu 4/0 no primeiro set e o fechou em 6/1 ao converter um break point no sétimo game, vencendo a parcial em apenas 27 minuto

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Rafael Nadal preferiu se poupar para os torneios com maiores pontuação
Divulgação/Nike
Rafael Nadal preferiu se poupar para os torneios com maiores pontuação

O espanhol Rafael Nadal estreou no Masters 1000 de Miami com uma fácil vitória. Na noite de sábado, o número 1 do mundo não encontrou qualquer dificuldade para superar o australiano Lleyton Hewitt, ex-líder do ranking da ATP e hoje apenas o 44º colocado, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3, em 1 hora e 9 minutos.

Nadal vem de campanha de ruim no Masters 1000 de Indian Wells, onde foi eliminado na terceira rodada ao perder para o ucraniano Alexandr Dolgopolov. Além disso, o espanhol nunca foi campeão em Miami, onde perdeu três finais, em 2005, 2008 e 2011.

Com quebras de serviço no primeiro e terceiro games, Nadal abriu 4/0 no primeiro set e o fechou em 6/1 ao converter um break point no sétimo game, vencendo a parcial em apenas 27 minutos. Hewitt ofereceu mais resistência no segundo set, mas perdeu o seu serviço no oitavo game. Em seguida, Nadal confirmou o seu saque, fechando a parcial em 6/3 e o jogo em 2 sets a 0.

Na terceira rodada, Nadal terá pela frente o usbeque Denis Istomin, número 57 do mundo, que venceu o russo Dimitry Tursunov por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (8/10), 6/0 e 6/3. O espanhol lidera o confronto direto por 3 a 0, sendo que o último duelo foi na edição de 2012 de Roland Garros. Já Hewitt acabou sendo eliminado na segunda rodada, após obter a 600ª vitória da sua carreira na estreia em Miami.

SERENA - A norte-americana Serena Williams terá pela frente uma compatriota nas oitavas de final do Torneio de Miami. Apenas a número 104 do mundo, Coco Vandeweghe bateu a australiana Samantha Stosur, número 20 do mundo, por 2 sets a 1, com parciais de 5/7, 7/5 e 7/5, e agora vai encarar a líder do ranking da WTA.

Leia tudo sobre: tênisnadalhewitt