Shogun luta contra Dan Henderson em revanche

Brasileiro almeja vitória desde 2011, quando perdeu após cinco rounds com decisão unânime

iG Minas Gerais | Lorena K. Martins |

Shogun pode se aproximar do cinturão se vencer Dan Henderson
Gregory Payan
Shogun pode se aproximar do cinturão se vencer Dan Henderson

A cidade de Natal, no Rio Grande do Norte, recebe pela primeira vez uma edição do UFC. Para marcar a estreia, estão convocados Maurício Shogun e Dan Henderson, dois veteranos que lutam para permanecer em destaque no peso meio-pesado e se enfrentam logo mais, às 17h, como a luta mais aguardada do card.

O que mais chama a atenção dessa luta principal é a revanche entre seus participantes, que em 2011 fizeram um dos confrontos mais espetaculares da história do MMA. Um duelo de tirar o fôlego de cinco rounds fez com que os jurados, por decisão unânime, dessem a vitória para o americano Henderson, resultado que ficou engasgado durante três anos no brasileiro Shogun. Para o combate de hoje, o lutador espera que seja menos desgastante como foi em 2011.

“O Dan Henderson é um cara que busca sempre a trocação também, então trocar com ele é uma coisa inevitável. Espero vencer, mas espero que não seja tão desgastante quanto nossa última batalha. Estou pronto para o que der e vier”, disse o lutador Shogun, em entrevista ao canal SportTV.

A revanche em cima de Henderson também pode significar o primeiro passo para buscar o cinturão da categoria meio-pesado, atualmente nas mãos de Jon Jones. Mas o lutador acredita que a busca pelo cinturão é coisa para se pensar mais para frente. “Estou focado 100% no Dan Henderson e sei que, se vencer essa luta, vou subir um degrau. Mas não penso em cinturão por enquanto. É o Dan Henderson 100%”, disse.

Na tarde deste sábado, a pesagem realizada no Ginásio Nélio Dias, em Natal, marcou a categoria. O americano surpreendeu ao pesar 91,6kg, bem abaixo do limite (93,4kg para lutas em que não há cinturão em jogo), enquanto o brasileiro cravou a marca de 93 kg.

Além da luta principal, a programação inclui as presenças de Cezar Mutante e Rony Jason, vencedores da primeira edição do The Ultimate Fighter Brasil, além das presenças e Léo Santos, Fabio Maldonado, Diego Brandão e Jussier Formiga.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave