“Não vou fazer cabelo de playboy, né? Tenho que acompanhar o tempo”

Thidy Lopes cabeleireiro de Aécio Neves

iG Minas Gerais |

Conhecido do senador há 25 anos, o cabeleireiro mostra que está com o discurso afinado com o tucano e provoca o colega de profissão responsável pelo corte de Dilma.
LEO FONTES / O TEMPO
Conhecido do senador há 25 anos, o cabeleireiro mostra que está com o discurso afinado com o tucano e provoca o colega de profissão responsável pelo corte de Dilma.

Há quanto tempo você corta o cabelo do senador Aécio Neves? Há 25 anos, desde quando ele ainda era deputado federal.

E como ele conheceu o seu salão? Na época, ele veio através do José Alberto Fonseca, ex-marido da Cássia Kiss (atriz).

Quais foram as mudanças nesse período? Houve mudanças naturais, porque o Aécio é muito zeloso, moderno. Ele usou, numa época, o cabelo um pouco maior, mais adequado para a idade dele. Agora está amadurecendo. A era do cabelo maior e cacheado já ficou. Eu acho que é de grande responsabilidade fazer o cabelo de acordo com o que está acontecendo, acompanhando o futuro presidente da República. Ele está numa fase nova, ele é uma pessoa nova, tem o gosto definido e sabe o que quer. Como sou profissional há muitos anos, não vou fazer cabelo de playboy, né? Tenho que acompanhar o tempo.

E ele dá muito pitaco? Claro que ele faz pedidos naturais, como as pessoas pedem. Não é muito exigente, dada a confiança que tem em mim. Aceita sugestão também, tranquilamente. Essas evoluções todas foram sugeridas por mim. Não foi radical, não pode ser. Homem público não é cantor, né?

E ele já pediu ou você já pensou em alguma mudança para a campanha? Sou do time que, se está ganhando, não se deve mexer. Ele tem que seguir na linha mais séria, com cabelo puxado para o moderno. Por ele ser assim, é mais aberto para a novidade.

 

É verdade que Aécio já fez implante? (Risos). Segundo o que fiquei sabendo ele fez um pequeno transplante. É diferente. Foi para cobrir algumas falhas, mas isso já tem um tempinho.

E quando ele vai ao salão, fala de política também? O Aécio sempre frequentou meu salão, mas quando ele foi eleito governador, na maioria das vezes eu é que ia na casa dele. Se ele vier aqui, com certeza vai ter muito tumulto. Mas um tumulto alegre, sabe?

E o que você acha do cabelo da Dilma? E do cabeleireiro dela, o Celso Kamura? Eu tenho vontade de responder na lata. Como profissional ele deve ser muito bom, a Dilma melhorou muito realmente. Eticamente, eu não sei.

Por que? Eu vi uma reportagem em uma revista, em que ele disse que o cabelo do Aécio era mau cortado. Poxa, ele é profissional e, para mim, cabelo é conceito. Eu tenho um conceito de corte, ele tem outro. Aécio prefere o meu conceito. Acho que ele está querendo cortar o cabelo do próximo presidente da República.

E quem mais é seu cliente? Muitas pessoas vêm pelo Aécio, até na esperança de vê-lo. Dos políticos que vêm aqui, um é o Pimenta da Veiga. O outro é André Quintão (deputado estadual), que é até do PT, mas é meu amigo, gente boa. Ele vem também.

“Ele está maduro. A era do cabelo maior e cacheado já ficou.”

“Ele tem que seguir na linha mais séria, puxado para o moderno”

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave