A uma semana de teste, Fifa visita Arena da Baixada

Representantes da Fifa foram embora sem falar com a imprensa, após a visita ao estádio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Uma delegação formada por dezenas de representantes da FIFA, além de integrantes do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo FIFA 2014 realizou, na manhã deste sábado, uma visita às obras da Arena da Baixada, do Atlético Paranaense, em Curitiba, colocando fim ao ciclo de visitas técnicas e inspeções setoriais dos estádios.

Antes de se deslocar à Arena, o grupo se reuniu no Parque Barigui e em seguida se dividiu em oito grupos técnicos que avaliaram setorialmente as obras. Eles foram divididos em Competições, Protocolo, Bilheteria e Sinalização, Marketing, Hospitalidade, Mídia e TV, Tecnologia e Serviço de Alimentação, Limpeza e Voluntários.

Ao final da visita, que durou cerca de uma hora, os representantes da Fifa foram embora sem falar com a imprensa. O secretário de estado para Assunto da Copa, Mário Celso Cunha, conversou rapidamente com a imprensa local e mostrou otimismo. "Estamos todos otimistas", disse.

Atualmente, a Arena conta com 1.300 operários para terminar as obras a tempo da Copa do Mundo. A cidade de Curitiba esteve ameaçada de ser excluída como sede, após um imbróglio financeiro envolvendo o Atlético-PR, o governo do Estado e a Prefeitura de Curitiba, que acarretou atrasos nas obras do estádio.

De acordo com o Atlético-PR, o primeiro jogo-teste da Arena da Baixada está previsto para o dia 29 de março, aniversário da cidade de Curitiba, quando o estádio receberá uma partida entre a equipe Sub-23 do clube e um adversário que será definido. Em cronograma divulgado pelo Atlético-PR, a conclusão dos trabalhos está marcada para 30 de abril.

Curitiba receberá quatro partidas da Copa do Mundo, todas válidas pela primeira fase. São eles: Irã x Nigéria, em 16 de junho, Honduras x Equador, em 20 de junho, Austrália x Espanha, em 23 de junho,  e Argélia x Rússia, em 26 de junho.  

Leia tudo sobre: fifavisitaarena da baixadatestecopa do mundo