Grávida é baleada ao testemunhar assassinato em Santa Luzia

Ela está internada em estado grave no João XXIII e homem que foi assassinado tinha envolvimento com o tráfico de drogas; os dois eram vizinhos

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Um homem foi assassinado na noite dessa sexta-feira (21) em Santa Luzia, na região metropolitana de Belo Horizonte. Uma jovem que passava pelo local no momento do crime acabou sendo baleada também. Ela está grávida e foi internada em estado grave no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII. O homem que morreu tinha envolvimento com o tráfico e uma tentativa de homicídio em sua ficha policial.

Segundo a Polícia Militar, Rafael Junior Teófilo de Assis, 22, e Tatiele Rodrigues de Oliveira, 18, eram vizinhos na rua Padre Miguel do bairro Vila Iris, mas não tinham nenhum envolvimento. Por volta de 19h, o rapaz foi assassinado a tiros perto de casa e a jovem, que passava pelo local, acabou sendo baleada também, segundo a suspeita da polícia, como queima de arquivo.

Ela foi socorrida pelos vizinhos e levada para o Hospital São João de Deus, sendo transferida depois para o João XXIII. Inicialmente, a suspeita era de que o marido de Tatiele fosse o responsável pelo crime, mas foi confirmado que ele estava trabalhando na hora e não poderia ter sido o autor dos disparos. A suspeita se deu porque, logo após os disparos, o tio da vítima que mora na mesma rua disse que algumas crianças saíram correndo de casa e gritando, dizendo que o autor dos disparos era o marido dela.

Segundo a polícia, Rafael tinha envolvimento com o tráfico de drogas e já havia tentado matar um desafeto. A motivação e suspeita do crime serão investigadas pela Polícia Civil. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave