Ônibus da linha 1207 é incendiado no bairro Betânia

A polícia não soube informar se o crime tem ligação com o protesto realizado na noite de sexta por moradores do bairro contra a ação da PM, que baleou um homem na noite anterior

iG Minas Gerais | JULIANA BAETA |

Um ônibus foi incendiado na madrugada deste sábado (22) no bairro Betânia, região Oeste da capital. Dois suspeitos do crime foram presos e ninguém ficou ferido. A Polícia Militar (PM) ainda não sabe se o ocorrido tem relação com o protesto realizado no mesmo local, na noite de sexta (21).

De acordo com a PM, o ônibus da linha 1207, responsável pelo trajeto Betânia-Santa Mônica, foi visto pegando fogo na rua Úrsula Paulina pelos militares de uma viatura que realizavam um patrulhamento na região. O Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou as chamas, mas o coletivo já estava completamente destruído.

O motorista da linha informou que quando abriu as portas para pegar dois jovens que deram sinal, outros dois homens subiram no ônibus. Eram Thiago Henrique dos Santos, 25, e Paulo César Borges dos Santos, 21, que estavam com um galão de gasolina nas mãos. Assim que todos desceram, eles incendiaram o veículo e fugiram para a rua das Mangueiras.

A polícia fez um rastreamento na região e localizou os suspeitos, mas eles conseguiram fugir da primeira abordagem pulando muros de casas da região. Após uma perseguição, foram detidos na rua Doze.

Em frente ao local do crime há uma imobiliária que possui câmeras de segurança externa, e as imagens poderão ser usadas como evidências, segundo a polícia.

O protesto

Pouco antes do incêndio, ocorria um protesto organizado por cerca de 100 moradores do bairro Betânia, na altura da avenida Teresa Cristina. A manifestação era contra a ação da PM, já que na noite de quinta-feira (20) um policial atirou em um homem sob a justificativa de que a vítima tria agredido os militares em uma abordagem. Adailson Souza Santos, 28, segue internado no Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave