Brasil já tinha anunciado um aumento

iG Minas Gerais |

Brasília. Depois das críticas recebidas em janeiro, quando veio à tona que cubanos do Mais Médicos recebiam no Brasil o equivalente a US$ 400, o Ministério da Saúde anunciou em fevereiro uma mudança na lógica dos repasses e um aumento real de US$ 245 no salários. A partir deste mês, eles passam a receber US$ 1.245. Até então, o salário era de US$ 1.000.

Eles recebiam US$ 400 no Brasil e US$ 600 em uma conta em Cuba. A partir de agora, os US$ 1.000 serão pagos no Brasil. Eles passam a receber também US$ 245 de aumento, que sairá dos R$ 10 mil que o governo brasileiro paga ao governo cubano por cada médico.

“Tenho a impressão de que uma parte considerável (dos R$ 10 mil) vai para o sistema de saúde de Cuba, para a formação de médicos e que tem ajudado em cooperações em todo mundo”, disse em fevereiro o ministro da Saúde, Arthur Chioro.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave