Violência ainda segue grande

iG Minas Gerais |

São Paulo. Ao mesmo tempo que as próprias legislações avançam, a violência e o preconceito permanecem grandes. Segundo o Grupo Gay da Bahia, 338 gays, lésbicas e transexuais foram mortos em 2012. Várias vítimas tinham sinais de tortura e ferimentos múltiplos, levando os ativistas a acreditar que podem ter sido crimes de ódio, afirma Luiz Mott, antropólogo e historiador que fundou o grupo.

Alguns modelos se consideram politizados; já outros preferem ser aceitos como uma mulher comum. A modelo transexual brasileira mais conhecida internacionalmente é Lea T, filha do ex-jogador do Atlético Toninho Cerezo. Ela posou para a campanha da Givenchy em 2010, além de ter desfilado na Semana da Moda de São Paulo ao lado de Gisele Bündchen e Alessandra Ambrosio.

Já Roberta Close é a primeira modelo transexual do país, e a atriz Rogéria, nascida Astolfo Barroso Pinto, é famosíssima. (TB/NYT)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave