Série “Psi” revela um intrépido psicanalista

Atração da HBO estreia amanhã com base nos romances de Contardo Calligaris

iG Minas Gerais |

Inquieto. 
Carlo Antonini, personagem de Emilio de Mello, vive conflito com a psicanálise
Inquieto. Carlo Antonini, personagem de Emilio de Mello, vive conflito com a psicanálise

São Paulo. Amanhã, às 21h, estreia a nova série nacional da HBO, “Psi”. Inspirada nos aclamados romances do psicanalista Contardo Calligaris, a atração mostra o cotidiano de Carlo Antonini, vivido por Emilio de Mello.

Psiquiatra, doutor em psicologia clínica e também psicanalista, Carlo é uma pessoa curiosa e inquieta que sempre tem uma visão crítica sobre a vida. Além disso, ele se envolve na rotina das pessoas ao seu redor.

“A série não fala só do Carlo, mas também de quem está ao lado dele. Ele não acredita na psicanálise, mas algo dentro dele diz que não pode deixá-la de lado”, comenta Mello.

O protagonista é recém-separado da advogada Flávia (Aida Leiner) e é muito apegado aos enteados, Henrique (Igor Armucho) e Marina (Bianca Vedovato). Carlo tem também uma grande amiga, Valentina (Claudia Ohana), que é sua colega de profissão e confidente. “Ela é quem dá um puxão de orelha nele. Eles conversam de igual para igual”, diz Claudia.

Charmoso, Carlo deve despertar a atenção de muitas mulheres ao longo da série e ainda se envolver com as histórias do coveiro Severino (Raul Barreto), do investigador Roberto (Otavio Martins) e de Mark (Victor Mendes), seu único filho biológico.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave