Música no ar!

Tradicional Vesperata inicia 17ª edição em abril e, até outubro, promete atrair uma multidão de turistas à cidade histórica

iG Minas Gerais | JOÃO PAULO COSTA |

A Vesperata traz concertos singulares e inesquecíveis e as pessoas se encantam com as melodias
Sectur/divulgação
A Vesperata traz concertos singulares e inesquecíveis e as pessoas se encantam com as melodias
Pense em um cenário nostálgico e aconchegante, com edificações históricas e ladeiras iluminadas à luz de lampiões, e você ali. Sinta-se convidado a tomar assento em uma mesa confortável e imagine, à sua frente, iluminadas sacadas, gradis e janelas dos casarões coloniais repletas de músicos talentosos a tocar clássicos de Villa Lobos, Ari Barroso, Tom Jobim, Vinícius de Morais, Pixinguinha e tantos outros mestres. Assim pode ser a sensação de quem participa da Vesperata, evento em Diamantina que promove o encontro entre o erudito e o popular.   A Vesperata 2014, que chega à 17ª temporada, sob a regência dos maestros Patrick de Aguilar e Tenente Eleoneo Ribeiro da Cruz, tem início em 12 de abril e vai até 25 de outubro, quinzenalmente.    Logo, os turistas que visitarem a cidade nas datas do evento serão convidados a mergulhar na tradição musical diamantinense. Tanto que, ao longo dos anos, esse evento musical tornou-se um produto turístico capaz de projetar Diamantina nacionalmente e internacionalmente, atraindo um público fiel e elitizado.   Espetáculo   Bem abaixo das marquises do casario colonial, sentadas em mesas de bares e restaurantes da rua da Quitanda, as pessoas usufruem de noites embaladas por ótimas músicas e bons serviços. “Temos aprimorado ainda mais os serviços de atendimento ao cliente e à qualidade musical dos concertos. Neste ano, nossa expectativa é a melhor possível, e aguardamos um público de mais de 10 mil pessoas”, espera o secretário de Cultura, Turismo e Patrimônio de Diamantina, Walter França Júnior.   A Vesperata traz concertos singulares e inesquecíveis e as pessoas, assim como as notas musicas, são levadas pelas melodias das músicas executadas.   

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave