Tucanos não se entendem sobre CPI

iG Minas Gerais |

Brasília.O líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (SP), protocolou nesta sexta-feira pedido de informações diretamente à Petrobras sobre o processo de aquisição da refinaria de Pasadena. O tucano também solicitou as mesmas informações ao Ministério de Minas e Energia.

Já o ex-governador tucano José Serra disse acreditar que em ano eleitoral pode ser complicado instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a controversa compra de Pasadena. “Eu acho que já é satisfatório se houver uma boa investigação do Ministério Público”, disse em Campos do Jordão.

“Vamos ver como é que o Ministério Público toca isso e, se essa investigação não andar direito, aí cabe uma CPI.” A opinião de Serra coincide com a do ex-presidente tucano Fernando Henrique Cardoso. Para FHC, a instalação de uma CPI em ano eleitoral poderá partidarizar as investigações. Já o senador e provável candidato do PSDB à Presidência, Aécio Neves, quer a criação de uma CPMI.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave