STJD adia decisão da Superliga B entre Sada-Funec-Contagem e São José

Presidente da entidade aceitou pedido do Voleisul-Paquetá Esportes-RS, eliminado pelos mineiros na semifinal; clube alega utilização irregular de jogadores

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Jovem equipe celeste perdeu, pela primeira vez, na última rodada
RENATO ARAÚJO - DIVULGAÇÃO
Jovem equipe celeste perdeu, pela primeira vez, na última rodada

A decisão da Superliga B, que aconteceria neste sábado entre Sada-Funec-Contagem e São José dos Campos, foi adiada. A decisão foi divulgada na tarde desta sexta-feira, após o Voleisul-Paquetá Esportes-RS entrar com pedido de suspensão da terceira partida diante dos celestes.

Sada e Voleisul fizeram uma das semifinais da competição. Segundo o time gaúcho, os mineiros escalaram dois jogadores (o ponta Kadu e o levantador Lucas Salim) de forma irregular. Eles já haviam jogado pelo time na competição e, após estas participações, integraram o elenco adulto na Superliga.

Após isso, eles voltaram a jogar a competição de acesso, ferindo o regulamento, que afirma que "após o dia 9/3/2014, caso o clube da Superliga Masculina Série B conceda o retorno dos atletas para o clube da Superliga Masculina 13-14, estes atletas não terão direito a retornar para a Superliga Série B".

Logo após o fim da terceira partida da semifinal, que terminou com vitória celeste, os gaúchos iniciaram as reclamações e acionaram o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). O pedido de impugnação da partida aconteceu no mesmo dia, 18 de março.

O presidente da entidade Dr. Aloysio Augusto da Costa, acatou o pedido por se tratar de um assunto flagrantemente controverso. Ao longo da semana irá julgar se a partida referida será ou não impugnada.

Apesar do ocorrido, antes mesmo do encontro das semifinais, a diretoria do Sada afirma que teve o aval da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) para escalar os atletas. Diante da autorização, o time colocou a dupla em quadra, sem temer repercussões. Em nota, o time celeste chegou a lamentar a atitude do adversário.