FIA vai julgar recurso da Red Bull no dia 14 de abril

Equipe austríaca questionou a eliminação do piloto Daniel Ricciardo, no GP da Austrália

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Australiano terminou a prova no circuito de Melbourne na segunda colocação, mas depois foi desclassificado
DIVULGAÇÃO/PÁGINA OFICIAL
Australiano terminou a prova no circuito de Melbourne na segunda colocação, mas depois foi desclassificado

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta sexta-feira que o recurso apresentado pela Red Bull, contra a desclassificação do piloto Daniel Ricciardo no GP da Austrália, será julgado no dia 14 de abril, na segunda-feira da semana em que será disputado o GP da China.  A expectativa da Corte Internacional de Apelação, sediada em Paris, na França, é de que a decisão seja divulgada no mesmo dia logo após o julgamento. O recurso da Red Bull foi entregue à FIA na quarta-feira. Nele, a equipe austríaca criticou a eliminação do seu piloto e reiterou que a FIA já estava sabendo das oscilações do medidor de fluxo de combustível dos novos carros da Fórmula 1. "Inconsistências com o medidor de fluxo de combustível da FIA foram predominantes no fim de semana todo no pit lane. A equipe e a Renault estão confiantes de que o combustível fornecido ao motor está em plena conformidade com os regulamentos", registrou a Red Bull Ricciardo terminou a corrida em segundo lugar, mas perdeu os pontos e o lugar no pódio porque seu carro apresentou irregularidades em relação ao fluxo de combustível, que teria excedido os 100kg/h, na inspeção técnica realizada ao fim da prova.