De Arrascaeta relembra "Maracanazzo" ao festejar empate com o Cruzeiro

Pelo Twitter, jogador comparou resultado construído pelo Defensor à vitória do Uruguai sobre o Brasil na Copa de 50

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

A poucos meses da Copa do Mundo, a memória do episódio tragicamente conhecido pelos brasileiros como "Maracanazzo" voltou à tona. O responsável pela lembrança foi o meio-campo De Arrascaeta, que participou da jogada do gol que deu ao Defensor-URU um grande empate contra o Cruzeiro,  nessa quinta-feira, no Mineirão, e tornou dramática a caminhada da Raposa em busca da vaga na próxima fase da Copa Libertadores. Em seu perfil no Twitter, o jogador comemorou a igualdade com "sabor" de vitória alfinetando o time brasileiro. "O Fantasma de 50 segue vivo, a turma foi muito bem hoje", escreveu o jogador, que também publicou uma foto do time no Instagram. O Maracanazzo é um dos momentos mais tristes para a torcida verde-amarela na história das Copas do Mundo. Na ocasião - datada de 16 de julho de 1950 -, após ver o Brasil sair na frente no placar diante de um Maracanã lotado, o Uruguai conseguiu virar o jogo e garantiu o título da única Copa disputada no Brasil até hoje. Com o empate por 2 a 2 com o time uruguaio, o Cruzeiro agora precisa vencer seus próximos dois jogos e aguardar os resultados dos outros confrontos do grupo 5, liderado pela Universidad de Chile, seu próximo adversário, para avançar na competição.

Leia tudo sobre: LibertadoresCruzeiroraposaarrascaetaprovocaçaomaracanazzouruguai