Cielo muda o ambiente no Minas

Nadador fará sua estreia pelo clube da capital mineira, hoje, no Torneio Metropolitano

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Fãs mirins. As crianças que frequentam o Minas Tênis fazem de tudo para chegar mais perto do ídolo
AJL
Fãs mirins. As crianças que frequentam o Minas Tênis fazem de tudo para chegar mais perto do ídolo

Os olhares focados para apenas uma das raias da piscina do Parque Aquático do Minas I deixam clara a presença de alguém diferenciado. Nos últimos dias, o nadador Cesar Cielo, que acertou contrato com o clube de Belo Horizonte até 2016, tem despertado a atenção de sócios, funcionários e futuros atletas da equipe.

Basta ele entrar na água para que a curiosidade seja logo despertada por interessados, das idades mais variadas possíveis. “Depois que ele começou a treinar, os meninos sempre pedem para dar uma olhada na piscina principal. Antes, a gente tomava a iniciativa para eles acompanharem os treinos. Mas, agora, a decisão parte deles”, comenta a treinadora Márcia Cristina, da equipe de aprendizagem de natação.

Ao lado da companheira de profissão Adla Ali, que comanda a pré-equipe, elas mostravam aos seis alunos o campeão olímpico e mundial, maior nome do Brasil na modalidade.

“Viemos aqui há alguns dias somente para tentar vê-lo, mas ele não estava. Ficamos um pouco decepcionados, mas ter a chance de estar tão perto compensou”, comemora Gabriel Lopes, de apenas 10 anos. O jovem ficou entusiasmado ao ficar tão próximo de Cielo. “Se eu pudesse, perguntava como ele consegue nadar tão diferente. Queria ouvir a voz dele, também”, admite.

A presença da pequena aglomeração não incomodou o ídolo, que fez questão de retribuir a atenção com sorrisos e acenos. Hoje à noite, ele fará sua primeira competição defendendo o clube durante o Torneio Metropolitano, que contará com centenas de atletas de quatro categorias.

Inevitavelmente, todos os olhares estarão direcionados para Cielo, que não deve ter dificuldades para se sobressair sobre os adversários nas provas dos 100 m livre e 50 m borboleta. Amanhã, ele volta para a água para a disputa nos 50 m livre, uma de suas especialidades.

A treinadora Adla Ali entende a ansiedade dos garotos, mas precisa controlá-los em vários momentos. “Eles estão loucos com a presença do César Cielo, a emoção fica à flor da pele. Mas é preciso dosar para não atrapalhar os treinos. A motivação deles já é outra”, mostra.

Interessados

“Depois que o Cesar Cielo começou a treinar no Minas, os alunos sempre pedem para visitar a piscina principal para tentar vê-lo treinando. Antes, a gente tomava a iniciativa para eles acompanharem os treinos. Agora, a decisão parte deles.”

Márcia Cristina-Treinadora de base do Minas Tênis Clube

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave