Nova estação será desativada

Neste fim de semana, todas as linhas de ônibus serão transferidas para o antigo terminal São Gabriel

iG Minas Gerais | Joana Suarez |

Motorista de táxi ignora a faixa de pedestres e comete infração
ALEX DE JESUS/O TEMPO
Motorista de táxi ignora a faixa de pedestres e comete infração

A previsão inicial era inaugurar novas linhas do Move (nome dado ao BRT da capital) amanhã, mas a recém-inaugurada Estação de Integração São Gabriel, de onde partem os ônibus articulados, terá que passar por obras e será desativada neste fim de semana. Os usuários terão que utilizar o antigo terminal e embarcar nos veículos pela porta da direita, como ocorre nos coletivos convencionais. A linha 83D (até o centro, sem paradas) não vai funcionar no sábado.

A decisão foi tomada para que a obra no terminal avance – o Move foi inaugurado com as intervenções ainda em andamento. Conforme a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), o principal é a cobertura completa do local para que os passageiros não fiquem expostos a sol e chuva. As passarelas que dão acesso à estação e fazem ligação com o metrô ficaram descobertas nos últimos dias.

Apenas parte da nova estação estava sendo utilizada para receber as 26 linhas alimentadoras (dos bairros à estação) e as três linhas troncais – da estação ao centro – do Move, inauguradas no último dia 8 de março. Com o terminal ainda em obras, várias falhas foram observadas nos primeiros dias de operação do sistema.

Desinformação e equipamentos sem funcionar (catracas, escada, elevador) foram os principais problemas. A estação também não tinha extintor de incêndio.

Porém, mesmo que de maneira improvisada, os usuários começaram a se acostumar com o novo terminal, de onde podiam fazer o embarque na plataforma em nível, semelhante ao metrô. Agora, todos os ônibus – articulados e alimentadores – serão transferidos de volta para o terminal antigo onde não há catracas nem possibilidade de pagar a passagem antes do embarque, que será feito pela porta da direita. A mudança de terminal já ocorria durante o período da madrugada.

Transtorno. Para o arquiteto e urbanista Sérgio Myssior, que testou o sistema na primeira semana de operação, faltou planejamento da prefeitura para a inauguração da estação e das linhas. “Quando estive no terminal pude ver que ainda faltava muita coisa a ser feita. Essa falta de planejamento acaba frustrando o cidadão, que está esperando melhoras e evolução do sistema”, destacou o arquiteto.

 

Campanha que defende respeito ao pedestre faz um ano  Há exatamente um ano, a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) iniciou a campanha “Pedestre. Eu Respeito”. Na tentativa de promover uma mudança cultural no comportamento dos condutores, foram feitas abordagens aos motoristas e aos pedestres durante os últimos 12 meses.

Houve tímida redução dos acidentes. Em 2013, foram 2.472 atropelamentos, 10% a menos que os 2.750 de 2012, conforme registros policiais. Porém ainda há uma média de pelo menos 6,7 vítimas por dia na cidade. Apenas o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII recebeu 178 atropelados no mês passado.

A proposta da campanha era fazer ações em 12 áreas consideradas de risco na capital. No entanto, com as obras de mobilidade, a previsão não pôde ser seguida. A partir de outubro de 2013, a iniciativa se dirigiu a locais onde havia mudanças no trânsito. “Alguns lugares ficaram ainda mais perigosos para o pedestre. A campanha tem que persistir”, disse o vice-presidente da Associação Brasileira de Medicina do Tráfego (Abramet), Guilherme Durães.

A reportagem de percorreu três cruzamentos do centro onde a BHTrans teria feito ações. De um lado, motoristas ignoram a faixa de pedestres. De outro, os pedestres nem sempre têm paciência para esperar o sinal verde para eles. O TEMPO

O vendedor Juliano dos Santos Ferreira diz que há dez anos flagra desrespeito dos motoristas aos pedestres. “Até com um deficiente visual que sempre atravessa aqui, ajudado por outras pessoas, os motoristas são intolerantes”, conta.

Números. Em 2013, 26 motoristas foram multados diariamente por desrespeito aos pedestres, o que alcança total de 9.635 multas. No ano anterior, houve 10.783 autuações. As principais infrações são estacionar e parar sobre a faixa de pedestre. (JS, com Caíque Pinheiro/Especial para O TEMPO)

 

 

Novas linhas

Operação. A BHTrans não informa a data para inauguração de mais linhas do Move. A autarquia diz apenas que a operação será gradativa até o sistema estar completo no final de maio.

 

 

“Trabalho nesse cruzamento todos os dias.

O trânsito sempre fica embananado, e o pedestre atravessa entre os carros, que param sobre a faixa.”

Francisco Gomes, 59 pipoqueiro

“Nunca sei se esses ônibus vão dar passagem ou não, já que não há sinal. Alguns motoristas, educados, avisam que a gente pode seguir, mas outros não.”

Maria da Conceição, 72 aposentada

Saiba mais

Sem explicação. A Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) não informou o porquê de as obras necessárias não terem sido feitas antes da inauguração e o que, além da cobertura, será feito agora.

Mudanças. A transferência das linhas para o terminal antigo (setor Leste) vai ocorrer só no fim de semana. A partir das 5h da próxima segunda-feira, os ônibus articulados voltam a operar na nova estação (setor Oeste).

Informações. Os usuários vão receber panfletos sobre em quais plataformas do antigo terminal serão os embarques e desembarques.

Move. Apenas as linhas 82 (da estação à região hospitalar/Savassi) e 83P (da estação ao centro, com paradas ao longo da avenida Cristiano Machado) vão funcionar no sábado na plataforma ao lado do muro do metrô. Uma sinalização provisória foi implantada.

Tarifas. O pagamento em dinheiro será feito dentro dos ônibus, e os usuários que não possuem os cartões BHBus devem ficar atentos aos valores da tarifa, de no máximo R$ 2,65.

Testes. Motoristas dos ônibus articulados estão fazendo testes na avenida Antônio Carlos. As estações e a via ainda estão em obras, mas a previsão é de que parte da operação seja iniciada em abril.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave