Companheiros acreditam em nova volta por cima de Ronaldinho

Jogadas de efeito, dribles desconcertantes e as faltas que faziam os adversários tremerem foram vistos poucas vezes neste ano

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

Longe de boas apresentações, Ronaldinho mantém status de intocável dentro do plantel atleticano
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Longe de boas apresentações, Ronaldinho mantém status de intocável dentro do plantel atleticano

Ele chegou com o intuito de fazer história com a camisa atleticana. Promessa dita, promessa cumprida. Fundamental na épica campanha do título da Copa Libertadores e também do Mineiro, ambos de 2013, Ronaldinho Gaúcho deu show nas duas últimas temporadas, ganhando o status de 'intocável' pela Massa. No entanto, 2014 não começou muito bem para R10, que completa 34 anos de vida nesta sexta-feira, com o novo desafio de tentar reeditar as grandes atuações de outrora.

Aquelas jogadas de efeito, os dribles desconcertantes e as faltas que faziam os adversários tremerem e eram motivo de festa da Massa, foram vistos poucas vezes nesta temporada. No entanto, não há razão para desespero. Pelo menos, é o que ponderam os companheiros de time, que acreditam piamente numa volta por cima do camisa 10 muito em breve.

Um dos atletas que também está devendo um melhor futebol, o atacante Diego Tardelli ressalta que Ronaldinho possui talento e experiência de sobra para decidir a favor do Galo em qualquer tipo de situação.

“A gente se cobra. Não apenas o Ronaldinho, como o grupo todo se cobra. Cada um divide a responsabilidade dentro de campo. O Ronaldo está se esforçando. Ainda não apareceu aquele Ronaldo de 2013 e 2012. Mas temos que dar tempo ao tempo”, salientou Tardelli.

O camisa 9 apenas pede paciência, não apenas a Ronaldinho, como a todo elenco. “Não falta vontade dele (Ronaldinho). Todo mundo se cobra no vestiário. O Ronaldo é experiente e sabe bem que vai passar dessa fase, se é que existe uma fase ruim. Temos que ter paciência com todos”, ressaltou.

O goleiro Victor tem uma explicação para o mau momento vivido por R10. Para ele, o meia-atacante vem sendo cada vez mais visado pela marcação dos oponentes. Consequentemente, o Gaúcho tem tido menos espaços para criar lances geniais.

“O Ronaldo é um jogador que desequilibra a qualquer momento. Ele é muito visado. Os adversários sabem o que ele pode fazer dentro de campo. Analisando de uma forma, ele participou de poucas partidas. Tenho certeza que vai voltar a ter grandes atuações, é um jogador muito importante. Mesmo não sendo tão brilhante como no ano passado, tem ajudando com assistências e possui alto poder de decisão”, comentou.