Tiroteio no Complexo do Alemão deixa dois policiais feridos

Segundo a assessoria da UPP, vinte policiais patrulhavam a rua Joaquim de Queiroz quando criminosos fizeram disparos no Areal e os agentes reagiram

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Por volta de 2h da madrugada, o diretor do ONG AfroReggae, José Júnior escreveu no Facebook:
Reprodução/Twitter
Por volta de 2h da madrugada, o diretor do ONG AfroReggae, José Júnior escreveu no Facebook: "Nesse momento a chapa ta (sic) pegando fogo no Complexo do Alemão

Dois policiais militares ficaram feridos durante um tiroteio no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio, na madrugada desta quinta-feira (20).

Os agentes foram feridos na localidade conhecida como Areal, na comunidade da Grota. Eles foram socorridos por policiais do Batalhão de Choque (BPCHq) e levados para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), no Estácio, região central da cidade. Ambos passam bem.

Pela manhã, o policiamento na região foi reforçado. Segundo a assessoria da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), vinte policiais patrulhavam a rua Joaquim de Queiroz quando criminosos fizeram disparos no Areal e os agentes reagiram.

Um PM foi ferido na altura da cintura e permanece em observação. O outro foi alvejado pelas costas, mas o colete e a farda seguraram as balas.

Um carro blindado, conhecido como Caveirão, foi usado por policiais dos BPCHq e do Batalhão de Operações Especiais (Bope)na busca pelos bandidos, que não foram encontrados. O caso foi registrado na 45ª DP (Alemão).

Por volta de 2h da madrugada, o diretor do ONG AfroReggae, José Júnior escreveu no Facebook: "Nesse momento a chapa ta (sic) pegando fogo no Complexo do Alemão. Muito tiro e segundo relatos tem pessoas baleadas. Os moradores estão desesperados. Será uma madrugada bem difícil !"

Desde sábado (15) policiais do Bope estão no Complexo do Alemão e no Complexo da Penha, segundo o comandante-geral da PM, coronel José Luís Castro Menezes, por período indeterminado.

Leia tudo sobre: UPPPOLICIAISFERIDOSFAVELATIROTEIO