Flamengo perde do Bolívar e se complica na Libertadores

Equipe carioca precisará vencer seus dois últimos jogos, contra Emelec e León, para se classificar à fase final

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Flamengo não fez um bom jogo, perdeu do Bolívar, e tem classificação dificultada
REPRODUÇÃO/FLAMENGO
Flamengo não fez um bom jogo, perdeu do Bolívar, e tem classificação dificultada

O Flamengo se complicou na Copa Libertadores ao perder por 1 a 0 para o Bolívar, na noite desta quarta-feira, em La Paz. Com dificuldades diante da altitude de 3.600 metros e do gramado escorregadio do Estádio Hernando Siles, o time carioca sofreu sua segunda derrota no Grupo 7, ficando com chances mais remotar de classificação às oitavas de finak.

A equipe agora ocupa o quarto e último lugar da chave, com apenas quatro pontos. O Bolívar soma cinco. Ainda nesta quarta, o León ganhou do Emelec por 3 a 0 e assumiu a liderança, com 7. O Emelec é o vice-líder, com seis pontos.

Como já era esperado, o campeão boliviano partiu para cima desde o início. A pressão teve resultado. Aos 3 minutos, Samir escorregou no campo molhado, perdeu a bola e acabou cometendo pênalti, convertido por Arce.

Com a vantagem, o time da casa pareceu mais tranquilo e à vontade para atacar. Desperdiçou ainda na primeira etapa mais cinco chances de gol. O Flamengo tentava tocar a bola, mas não era eficiente nas jogadas de perigo.

No segundo tempo, o Flamengo melhorou um pouco após a entrada de Paulinho e Mugni. Chegou a obrigar o goleiro Quiñonez a fazer três defesas difíceis. Mas quem se destacou na etapa foi Felipe, que esteve seguro e evitou que o Bolívar ampliasse o placar em pelo menos três vezes.

Quem mais sentiu com a altitude de La Paz foi o lateral André Santos, que acabou substituído no segundo tempo. O Flamengo vai ter de vencer as duas partidas restantes para se classificar. O próximo adversário vai ser o Emelec, no Equador, daqui a duas semanas. Depois, enfrentará o León, no Maracanã.

Ficha Técnica:

Bolívar 1x0 Flamengo

Bolívar - Quiñonez; Alvarez, Baez e Herrera; Yecerotte (Arrascaita), Miranda, Flores, Capdevilla e Callejón (Justiniano); Arce (Lizio) e Ferreira. Técnico: Xabier Azkargorta.

Flamengo - Felipe; Leonardo Moura, Wallace, Samir e André Santos (Alecsandro); Amaral, Muralha, Gabriel (Paulinho), Carlos Eduardo (Mugni) e Everton; e Hernane. Técnico: Jayme de Almeida.

Gol - Arce, aos 4 minutos do primeiro tempo.

Cartões amarelos - Samir, Wallace e Muralha.

Árbitro - Mario Diaz de Vivar (PAR).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Hernando Siles, em La Paz.