Primeiro o plano de Aécio, depois apoio integral a Pimenta

Áreas como saúde e segurança devem ser as prioridades na campanha do PSDB

iG Minas Gerais | Tâmara Teixeira |

Descontraído. Ontem Antonio Anastasia teve agenda intensa, mas logo vai poder viajar a descanso
Omar Freire/Imprensa MG - Divulgação
Descontraído. Ontem Antonio Anastasia teve agenda intensa, mas logo vai poder viajar a descanso

Após deixar o governo de Minas, em 4 de abril, o governador Antonio Anastasia irá se dedicar durante um mês exclusivamente à campanha do senador Aécio Neves à Presidência da República. Após esse período, ele muda o foco e passa a se concentrar na própria campanha, ainda não oficializada ao Senado, e em eleger o seu sucessor, o tucano Pimenta da Veiga. Entre a primeira semana de maio e o início de junho, Anastasia irá coordenar o programa de governo do senador mineiro. Segundo o presidente do PSDB em Minas, deputado federal Marcus Pestana, ele irá selecionar e agrupar o resultado das sugestões dos tucanos para o programa. “Ele (Anastasia) vai coordenar as propostas de intelectuais, técnicos e dos grupos temáticos que estão fazendo os levamentos de quais serão as prioridade e traçar o corte de cada área. Depois, claro, isso será levado ao partido”, afirmou. Em entrevista nesta semana, Anastasia disse que segurança e saúde serão os temas que receberão mais destaque no discurso e programas. O objetivo é propor o compartilhamento da responsabilidade da segurança entre Estado e União. Nesta quarta-feira, porém, ele preferiu não entrar em detalhes do seu papel nas disputas estadual e nacional. “Esses papéis vão ser decididos mais adiante. Depois, terei tempo suficiente para conversar com o senador Aécio os princípios norteadores do plano de governo”, disse. Depois da Copa, a atenção de Anastasia se volta para Minas, com o desafio de turbinar a campanha de Pimenta da Veiga, figura ainda pouco conhecida. “Ele (Anastasia) precisa cuidar, em Minas, da sua campanha ao Senado. E ainda vai viajar, fazer caminhadas e comícios nos palanques para a disputa do Estado”, afirmou Pestana. Férias.Antes de assumir sua colaboração na campanha de Aécio, Anastasia terá três semanas de férias. O destino, segundo fontes ligadas ao governo, não está decidido, mas será uma cidade tranquila, dentro Brasil.</CW> O governador já revelou aos mais próximos que quer viajar sozinho, ficar incomunicável, e se dedicar a leitura, uma das suas principais distrações. 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave