Integrantes do PSOL do Rio é investigado

iG Minas Gerais |

Maria da Consolação lembra que sua participação foi pacífica
douglas magno
Maria da Consolação lembra que sua participação foi pacífica

No Rio de Janeiro, um militante do PSOL é investigado por fazer denúncias caluniosas. O estudante Rodrigo Antônio Graça, de 19 anos, foi indiciado em outubro do ano passado depois de procurar a polícia e afirmar ter sido vítima de um sequestro e de ligações ameaçadoras de um homem, que ordenava que ele parasse de participar manifestações.

Na época, a Polícia Civil informou o que o estudante relatou na delegacia, que ficou 40 minutos em poder do grupo. De acordo com o depoimento, os sequestradores gritavam: “'Você que é o Rodrigo, né? Manifestante e militante do PSOL. Você tem que acabar com esse negócio de ir à manifestações, você e toda a sua corja. Você vai servir de exemplo para os caras que estão aí.”

Durante a apuração do suposto crime, a Polícia Civil divulgou que nenhuma prova de sequestro e nenhuma testemunha foi encontrada. (GR)

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave