Avacoelhada

iG Minas Gerais |

No primeiro confronto da semifinal do Mineiro, a escolha do local da partida contra o Atlético e a carga de ingressos para a torcida adversária também provocaram divergência de opiniões entre os americanos. Alguns torcedores optaram pelo Mineirão, com maior disponibilização possível de bilhetes para os atleticanos comparecerem em número elevado a fim de aumentar a rentabilidade americana. Os torcedores que escolheram o Independência discordaram sobre a quantidade disponível para os visitantes. Uns limitariam em 10%. Outros consideraram a importância do lucro. O mando de campo e a renda desse jogo são do América. A diretoria decidiu jogar no Independência. Devido à previsão de transmissão pela TV aberta, talvez a presença de público do oponente não seja tão grande. A concentração da torcida americana será no portão 3, da Pitangui. A voz celeste

As decisões sempre estão na história do maior de Minas. E hoje o time celeste terá pela frente mais uma dessas partidas especiais em que é preciso jogar também com a alma. Vencer ou vencer para continuar na luta pela classificação na Copa Libertadores da América. Futebol o tricampeão brasileiro tem para vencer qualquer adversário. Mas é preciso realmente que os jogadores incorporem o espírito da Libertadores. Assim, vamos vencer as três partidas e garantir a classificação. Nesta semana estive na Toca da Raposa e sou testemunha de que o grupo está unido e empenhado em conseguir os títulos. O combinado nação celeste com o time sempre deu resultado, e não vai ser diferente desta vez. Raça e vontade são indispensáveis. Vamos lotar o Mineirão e incentivar o tempo todo o nosso time do coração para mais uma vitória. Nós nos encontramos lá.  A voz da Massa Saudações alvinegras! E a nova camisa do Galo? O que você achou? Em minhas conversas com os amigos atleticanos pude ver que as opiniões divergem. Não pela beleza, pois não tem como achar essa camisa feia: ela é e sempre será a mais bonita do Brasil. Mas pela expectativa que havia sobre os detalhes da mudança. Uns gostaram, outros acharam que não mudou muito. Não houve muitas alterações, mas as poucas que foram feitas deram um charme a mais ao manto alvinegro. Dessa vez, o escudo não está dividido em listras pretas e brancas, mas, sim, com uma faixa preta centralizada. Também houve uma leve alteração na gola, e no centro do peito o emblema de CAMpeão da Libertadores 2013. Eu gostei do uniforme principal como também do segundo uniforme, todo branco. Agora, bem que poderiam dar uma abaixada no valor, porque o preço está salgado!

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave