Atlético vacila e empata com o Nacional em noite de fraco futebol

Até agora, a equipe alvinegra só jogou com status de atual campeão da Copa Libertadores; na prática, ainda não convenceu

iG Minas Gerais | THIAGO PRATA |

MG - Atletico MG X Nacional  PAR Arena Independencia. ESPORTES :  MG - Belo Horizonte - Atletico MG X Nacional  PAR  , jogo valido quarta rodada da taca Libertadores da America , na Arena Independencia . 
Foto: Joao Godinho / O Tempo 19.03.12014
JOAO GODINHO / O TEMPO
MG - Atletico MG X Nacional PAR Arena Independencia. ESPORTES : MG - Belo Horizonte - Atletico MG X Nacional PAR , jogo valido quarta rodada da taca Libertadores da America , na Arena Independencia . Foto: Joao Godinho / O Tempo 19.03.12014

A nova camisa do Atlético, fornecida pela Puma, foi utilizada na noite desta quarta-feira pela primeira vez no ano. Só falta o time titular do Galo fazer sua estreia na temporada. Até agora, a equipe alvinegra só jogou com status de atual campeão da Copa Libertadores. Na prática, não convenceu. Na noite desta quarta-feira, houve momentos em que o elenco beirou o bizarro. O resultado de tudo isso foi o empate em 1 a 1 com o Nacional-PAR, em pleno Independência, fruto de uma atuação insossa de um plantel recheado de estrelas que ainda não brilharam em 2014.

Jogadores como Diego Tardelli, Ronaldinho Gaúcho e Fernandinho estão devendo – e muito – em todos os sentidos. R10 até abriu o placar. Só que depois de perder um pênalti. Além disso, errou demais nos passes, algo que vem sendo corriqueiro na temporada.

O desempenho fraco do camisa 10 vem sendo acompanhado pelos companheiros de ataque – com exceção de Jô, que, pelo menos, se salva pelos gols que fez até o momento.

O sistema defensivo tem levado apreensão à Massa. E, logicamente, o técnico Paulo Autuori tem culpa no cartório, já que ele é o responsável por arquitetar a equipe. Para muitos, é um absurdo o volante Leandro Donizete ser reserva desse time, embora o próprio camisa 8 não tenha atuado bem ante o Nacional.

É hora de reflexão e muito trabalho dentro do Atlético. Ainda é tempo, uma vez que o clube, mesmo em meio a tantas deficiências, se encontra na liderança da chave 4 da Libertadores, com oito pontos, precisando apenas de um triunfo, faltando duas rodadas, para avançar às oitavas de final.

O jogo. Após fazer um lançamento e ver Tardelli sendo derrubado por Mendoza dentro da área, Ronaldinho tinha tudo para fazer o Independência explodir em festa. Mas o meia cobrou mal o pênalti, facilitando a vida do goleiro Ignacio Don.

Não demorou muito para o Gaúcho ganhar uma nova oportunidade de abrir o placar para o Galo. E desta vez, ele marcou.

Quando se esperava que o Atlético iria deslanchar, vieram os sustos. A começar pelo gol de empate de Riveros, que acertou o ângulo direito de Victor. O camisa 1 sequer mexeu.

Sonolento em campo, perdendo muitas bolas e errando passes em demasia, o time mineiro passou dificuldades ao longo de todo o segundo tempo. O empate acabou sendo justo.