Exeme constata leve edema e Obina deve disputar o clássico

Má notícia foi o veto do também atacante Henrique, que sofreu um estiramento grau um na parte posterior da coxa direita

iG Minas Gerais | ANTÔNIO ANDERSON |

Obina se lesionou na partida frente a Caldense, pela última rodada da primeira fase do Mineiro
Site oficial/Divulgação
Obina se lesionou na partida frente a Caldense, pela última rodada da primeira fase do Mineiro

O técnico Moacir Júnior deverá poder contar com o atacante Obina para o clássico de domingo, contra o Atlético. O exame de imagem realizado pelo jogador detectou uma pequena edema na coxa direita e o departamento médico do Coelho acredita que ele terá condições de enfrentar o Galo no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Mineiro.  A má notícia para o treinador americano foi o veto do também atacante Henrique, que sofreu um estiramento grau um na parte posterior da coxa direita. O jogador já iniciou o tratamento intensivo e a previsão do departamento médico do clube é que a recuperação deve levar entre duas e três semanas.

Reforços. O gerente de futebol do America, Flávio Lopes, confirmou nesta quarta-feira que o zagueiro André e o atacante Júnior Negão, destaques do Tombense no Campeonato Mineiro, vão se apresentar ao Coelho na próxima semana. “Ja fechamos com o atleta e o contrato será assinado até o fim deste ano”, declarou o dirigente. Como já disputaram o Estadual e a Copa do Brasil pelo Tombense, André e Júnior Negão só vão poder atuar pelo América na Série B do Campeonato Brasileiro.

Além deles, o Coelho ainda busca mais um meio-campista e um dos nomes cogitados e o de Diney, que disputou o Campeonato Mineiro pela Caldense. “Não houve ainda uma conversa para tratar da vinda do Diney pra o América. Mas é uma posição que buscaremos nos reforçar e não podemos errar na contratação”, ressaltou Flávio Lopes. A confirmação de novos nomes deve acontecer na próxima semana.

Leia tudo sobre: futebol nacionalcampeonato mineiroaméricacoelhoobina