Cristiano Ronaldo iguala Puskás e Fenômeno, e sonha com mais recordes

Português vive temporada memorável e quer mais recordes e títulos antes da Copa do Mundo

iG Minas Gerais | GABRIEL PAZINI* |

Além dos recordes individuais, Cristiano Ronaldo quer títulos antes do Mundial
Reprodução/Facebook
Além dos recordes individuais, Cristiano Ronaldo quer títulos antes do Mundial

Cristiano Ronaldo vive uma temporada memorável. Empatando, quebrando e querendo quebrar mais recordes, o astro português vive uma semana que tem sido perfeita até aqui e pode ser fechada com chave de ouro neste domingo.

No último fim de semana, o craque chegou ao 25º gol na temporada do Campeonato Espanhol, ao marcar na vitória por 1 a 0 sobre o Málaga, e bateu um recorde. Ele é o primeiro jogador da história de La Liga a marcar 25 gols em cinco temporadas. O detalhe é que esta é a quinta temporada do astro na Espanha. O português marcou pelo menos 25 gols no Espanhol em todos os anos desde que chegou ao Real.

Nesta terça-feira, pela Uefa Champions League, o astro igualou recordes dois ídolos: Puskás e Ronaldo Fenômeno. Ao marcar dois gols na vitória do Real sobre o Schalke 04 por 3 a 1, o português empatou com Puskás como quarto maior artilheiro dos Blancos na história, com 242 gols. O terceiro na lista é Santillana, que tem 289, e o maior é Raúl, que anotou 323 tentos com a camisa merengue.

Já o ex-atacante brasileiro viu Cristiano igualar o número de gols de sua carreira: 414. A diferença? O português tem apenas 29 anos de idade.

E se o camisa 7 já quebrou e igualou recordes, ele sonha com mais. Com os dois tentos frente o Schalke, Cristiano Ronaldo chegou a 13 gols na edição atual da Liga dos Campeões. O recorde de gols em uma sua edição pertence a Mazola e Messi, que marcaram 14 tentos.

Outro recorde que será quebrado pelo craque, é o da artilharia na história da competição. Mais uma vez, Raúl, que também usava a camisa 7 blanca, está em seu caminho. O ex-atacante do Real marcou 71 gols na Champions League. Com 64 gols, é apenas questão de tempo para Cristiano quebrar a marca. No entanto, para ser o maior artilheiro da história do torneio, ele tem o maior "rival" como competidor. Messi tem 67 gols na Champions, e também sonha em bater a marca.

O astro português tem, sem sombra de dúvidas, um encontro marcado com a história.

*Com supervisão de Leandro Cabido