Leston Junior encerra contrato com Guarani, após 17 meses no cargo

Treinador com maior longevidade no futebol mineiro, porém, ainda deixa em aberto chance de renovar vínculo com o Bugre

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Após evitar a queda do Guarani para o Módulo II do Campeonato Mineiro, o treinador Leston Júnior está sem clube. O profissional ainda tem chances de continuar no time de Divinópolis, mas não negou ouvir propostas de outros clubes. Com a sensação de dever cumprido, Leston comemorou a longevidade à frente do Bugre, mesmo que tenha ficado sem contrato neste momento.   "Apesar de todas as dificuldades, tivemos um período de crescimento em todos os aspectos, principalmente para o clube. Num país que um técnico é demitido a cada dois dias, me sinto honorado por ter feito um trabalho de alto nível ao lado de minha comissão. Estou aguardando a direção aqui se pronunciar e ouvindo algumas propostas”, afirmou Leston.   O técnico chegou a Divinópolis em outubro de 2012. Com a saída de Cuca do Atlético no final do ano passado, Leston Junior se tornou o treinador com mais tempo em um mesmo clube no futebol mineiro. Além disso, o treinador é um dos mais novos no futebol brasileiro, com apenas 35 anos. O time alvirrubro é apenas o terceiro clube no qual Junior foi o treinador.   Depois de 17 meses à frente do Guarani, porém, Leston está preparado para encarar novos desafios na carreira. "Ao lado da diretoria, tivemos um planejamento para uma transição histórica. Um clube que estava numa situação muito ruim e que implantamos uma mentalidade profissional, desde uma pré-temporada de alto nível (em Sorocaba, CT sede da Copa do Mundo), passando por processos no dia a dia de treinamentos, logística de jogos evitando desgastes e apresentações em campo no mesmo nível dos demais no Mineiro.

Leia tudo sobre: leston juniorguaranicampeonato mineiro