Léo Silva prega passes curtos e posse de bola para controlar Nacional

Zagueiro alvinegro acredita que o adversário tentará definir o placar nos contra-ataques e, por isso, Galo precisa estar atento

iG Minas Gerais | FREDERICO RIBEIRO |

Leonardo Silva espera que a diretoria contrate reforços para o setor defensivo
BRUNO CANTINI/ATLÉTICO
Leonardo Silva espera que a diretoria contrate reforços para o setor defensivo

O Atlético sentiu a força do Nacional do Paraguai na semana passada, perdeu a chance de vencer no final e acabou não atuando bem no Estádio 3 de Febrero. Porém, agora o jogo, válido pela quarta rodada da Copa Libertadores, é no Independência e o zagueiro Leonardo Silva já deu a receita para a vitória: passes curtos, posse de bola e intervenção no contra-ataque dos paraguaios.

"Temos procurado trabalhar bastante com a bola no pé, aproximação dos jogadores, passes curtos e aproveitar a qualidade da linha de frente. Eles vão vir fechados, tentando definir no contra-ataque, então temos que ter a bola", afirmou o zagueiro.

No Paraguai, o Galo deu muito espaço para o ataque do Nacional,  mas Leonardo Silva sabe que o comportamento do time no Horto costuma ser de pressão total para cima do adversário. "Esperamos fazer um grande jogo e não deixá-los à vontade, pressioná-los. (O Nacional) É equipe de qualidade e esperamos pará-los", analisou o capitão alvinegro.

Leia tudo sobre: Libertadoresleonardo silvaposse de bolaatleticogalojogonacional