Passeata causa transtornos no trânsito do hipercentro

Organizada pelos analistas de políticas públicas e assistentes sociais da prefeitura, manifestação reivindica regulamentação da profissão e redução da jornada de trabalho

iG Minas Gerais | Fábio Corrêa |

Manifestantes de reuniram às 18h desta terça (18) em frente à sede da PBH
Divulgação / Sindibel
Manifestantes de reuniram às 18h desta terça (18) em frente à sede da PBH

Uma passeata, organizada pelos analistas de políticas públicas e assistentes sociais da Prefeitura de Belo Horizonte, causa complicações no trânsito da avenida Afonso Pena, na região central de Belo Horizonte, no início da noite desta terça (18). Segundo informações da BHTrans, a retenção chega até a rua Carandaí e se estende pela avenida Amazonas.

De acordo com a assessoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Belo Horizonte (Sindibel), cerca de 200 manifestantes ocupam uma faixa da Afonso Pena no sentido Rodoviária. O protesto, que começou em frente à prefeitura, às 18h, se concentra para seguir em breve para a sede do Sindibel, na Praça Sete. Lá, a categoria irá lançar o blog "Megafone 30 horas".

Os manifestantes cobram o cumprimento da lei federal 8.662/1993, que regulamenta a profissão, e a redução da jornada dos servidores de 40 para 30 horas semanais. Na quarta-feira (19), haverá uma assembleia, com paralisação, para lançar a campanha salarial unificada dos trabalhadores dos serviços públicos municipais de Belo Horizonte.

 

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave