Chelsea bate Galatasaray e garante vaga nas quartas

Partida marcou volta de Drogba ao Stamford Bridge, onde fez história com a camisa da equipe londrina

iG Minas Gerais | Agência Estado |

Eto'o e Cahill marcaram os gols da vitória do Chelsea nesta terça-feira
Reprodução Facebook Chelsea
Eto'o e Cahill marcaram os gols da vitória do Chelsea nesta terça-feira

O Chelsea não deu chances para o Galatasaray e confirmou a classificação às quartas de final da Liga dos Campeões da Europa nesta terça-feira. Depois de um empate por 1 a 1 na Turquia, o time inglês venceu por 2 a 0 em Stamford Bridge com grandes atuações de Hazard e Oscar, que, em tarde inspirada, foram responsáveis pela criação de diversas oportunidades. Os gols, no entanto, foram marcados por Eto'o e Cahill, ainda no primeiro tempo. Com uma forte marcação no campo de ataque e a criatividade de seus meias, o Chelsea foi dono do jogo, sem deixar o Galatasaray sequer ameaçar o gol de Petr Cech. Com a vitória, os ingleses se juntaram a Barcelona, Bayern de Munique, Paris Saint-Germain, Atlético de Madrid e Real Madrid, também já classificados às quartas de final. Manchester United x Olympiakos e Borussia Dortmund x Zenit definem as últimas vagas nesta quarta. O Chelsea deu mostras de que a vida do Galatasaray não seria nada fácil desde o início nesta terça, e abriu o placar logo aos quatro minutos. Hazard recebeu no meio e achou Oscar pela direita. O brasileiro deu enfiada precisa para Eto'o, que dominou e bateu cruzado. O goleiro Muslera até chegou a tocar na bola, mas não evitou que ela morresse em sua rede. A equipe londrina era muito superior, abusando da habilidade de Hazard e Oscar. Aos 21 minutos, o brasileiro tocou para o belga, que abriu a perna e deixou a bola para Lampard. O veterano bateu para fora. Aos 37, Oscar lançou para Hazard, que cruzou. Eto'o deixou com Willian, mas o meia bateu fraco. De tanto insistir, o Chelsea ampliaria o placar ainda no primeiro tempo, desta vez em jogada pelo alto. Lampard cobrou escanteio pela direita, Terry subiu muito e cabeceou forte. Muslera fez bela defesa, mas a sobra ficou com Cahill, que encheu o pé para marcar. O segundo tempo começou como o primeiro e o Chelsea seguiu sufocando o Galatasaray no campo de defesa. Com marcação por pressão, os ingleses não deixavam o adversário agir e aos poucos foram criando novas chances. Aos três minutos, Oscar quase marcou, mas foi travado por Felipe Melo. Aos cinco, foi a vez de Willian parar no goleiro Muslera. Com o passar do tempo e a falta de ímpeto do Galatasaray, o Chelsea também relaxou. A marcação seguia apertada, mas a velocidade no contra-ataque já não era a mesma. Assim, o jogo ficou morno, tranquilo para os donos da casa, que deixaram o tempo passar para confirmar a classificação.