Felipão nega seleção definida e diz observar 50 nomes

Técnico da equipe brasileira irá divulgar os 23 convocados para a Copa do Mundo no dia 7 de maio

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Felipão e sua comissão técnica observaram novatos, mas não deram pistas sobre aproveitamento de ambos na Copa
Jefferson Bernardes/VIPCOMM
Felipão e sua comissão técnica observaram novatos, mas não deram pistas sobre aproveitamento de ambos na Copa

Embora esteja cada vez mais claro que já definiu a enorme maioria dos 23 jogadores que levará para a Copa do Mundo de 2014 Luiz Felipe Scolari segue fazendo questão de promover a disputa por vagas no grupo da seleção brasileira. O técnico, que fez nova reunião de planejamento visando o Mundial, na última segunda-feira, na sede da CBF, assegurou que ainda não definiu todo o seu grupo de atletas por antecipação e enfatizou que até 7 de maio, data da convocação para a competição, a briga por lugares seguirá em aberto.

"Os nossos torcedores devem ficar sabendo, e sabem perfeitamente que vou divulgar os nomes em 7 de maio. Todos os jogadores, principalmente, continuem se dedicando, continuem trabalhando, nossas observações estão sendo feitas e no dia 7 nós vamos definir. Não adianta alguém especular nome de A e de B, que alguém está fora ou está dentro, que não é correto. Estamos trabalhando com aqueles nomes e vamos esperar até o dia 7, que podem acontecer mudanças", afirmou o treinador, em entrevista concedida ao canal de TV da CBF.

O comandante também garantiu que ainda observa um total de 50 nomes como opções para a Copa de 2014, depois de anteriormente ter dito que estava trabalhando com um grupo de 45 jogadores listados como favoritos na luta pelas 23 vagas na seleção.

"Todos vocês sabem que há muito tempo temos acrescentado cinco nomes além dos 45 que já tínhamos, então temos 50 nomes onde estamos seguindo estes nomes, e é normal que a especulação em torno de nomes surja. De um Estado, um cronista sempre vai dizer que este está cotado ou não está, cada um tem a sua predileção", ressaltou.

Na entrevista ao canal de TV da CBF, Felipão também avisou que está esperando pela definição dos confrontos da próxima fase da Liga dos Campeões, cuja as oitavas de final serão encerradas nesta quarta-feira, para depois seguir rumo à Europa para acompanhar confrontos do torneio que envolvam jogadores brasileiros.

"Estamos esperando a definição de alguns jogos da Copa dos Campeões, e a gente (membros da comissão técnica e observadores) vai à Europa para observar alguns jogos deste campeonato. Estamos trabalhando com a parte final de preparação do Mundial", disse o comandante, que no dia 5 deste mês dirigiu o Brasil na goleada por 5 a 0 sobre a África do Sul, em Johannesburgo, palco do último amistoso do País antes da convocação para a Copa.

Depois do anúncio dos convocados, os jogadores irão se apresentar a Felipão no dia 26 de maio, em Teresópolis (RJ), onde iniciarão os treinos para o grande evento do ano, marcado para acontecer entre junho e julho no País. Durante este período de preparação a seleção fará dois amistosos. Um contra o Panamá, em 3 de junho, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia, e outro contra a Sérvia, no Morumbi, três dias depois, naquela que será a última partida antes da estreia na Copa, também em São Paulo, contra a Croácia, no Itaquerão, em 12 de junho.

O duelo diante dos croatas irá abrir o Mundial e valerá pela primeira rodada do Grupo A, no qual os brasileiros depois enfrentarão o México, no dia 17 de junho, no Castelão, em Fortaleza, e Camarões, no dia 23, no Mané Garrincha, em Brasília.

Leia tudo sobre: Copa do Mundofelipaoconvocacao50 nomes