Lucas Silva pede paciência da torcida durante jogo contra o Defensor

Volante espera que torcedores celestes compreendam que será complexo furar retranca uruguaia

iG Minas Gerais | BRUNO TRINDADE |

Lucas Silva foi acionado quatro vezes nesta temporada pelo técnico Marcelo Oliveira
Washington Alves/VIPCOMM
Lucas Silva foi acionado quatro vezes nesta temporada pelo técnico Marcelo Oliveira

Mesmo em casa, com o apoio da torcida, e buscando pressionar o adversário durante os 90 minutos, os jogadores do Cruzeiro não esperam uma partida fácil contra o Defensor-URU, na quinta-feira, pela quarta rodada do grupo 5 da Copa Libertadores.

Nos treinos comandados pelo técnico Marcelo Oliveira, ele sempre chama a atenção para jogadas em velocidade, para uma constante movimentação e marcação sob pressão para furar defesas fechadas, que deve ser a proposta dos uruguaios.

Por isso, o volante Lucas Silva espera que a torcida compreenda as dificuldades caso o gol demore para sair. “A torcida tem que entender o estilo de jogo nesse momento. É claro que vamos entrar com basante pressão, mas eles (Defensor-URU) vão entrar em campo recuados. Temos que ter paciência. Pedimos para torcida não se irritar. Vamos buscar tocar a bola com qualidade para, aí sim, chegar ao gol do adversário”, declarou.

O volante afirmou que a equipe celeste precisa tomar cuidado com toda a equipe do Defensor-URU. “Teremos atenção com todos, em especial com ele (Arrascaeta). Ele é quem faz o time jogar. Por isso, onde ele estiver estará bem vigiado. Vamos pressionar todos os jogadores deles para que eles deem chutões e a gente possa ficar com a bola e chegar ao gol”, afirmou Lucas Silva.

Leia tudo sobre: cruzeiroraposalucas silvadefensorpaciencia