50 anos do golpe de 1964

Começa hoje, na UFMG, seminário “1964-2014: Um olhar crítico, para não esquecer”

iG Minas Gerais |

Democracia. Campanha “Diretas Já” marcaram luta popular pelo fim da Ditadura, em meados da década de 1980
Mana Coelho
Democracia. Campanha “Diretas Já” marcaram luta popular pelo fim da Ditadura, em meados da década de 1980

O Programa de pós-graduação em história da UFMG realiza de hoje a quinta-feira o seminário “1964-2014: Um olhar crítico, para não esquecer”. Durante os três dias de atividade, a Fafich, no campus Pampulha, receberá debates sobre produções acadêmicas que tratam da ditadura brasileira iniciada em 1964.

O evento será organizado em formato de mesas-redondas, em torno dos temas “Balanços e interpretações”; “A ditadura e o cenário internacional”; “Embates culturais e intelectuais”; “História e memória”; “Movimentos sociais e ativistas contra a ditadura” e “A transição e os desafios da democratização”. Além das exposições de pesquisadores de diversas instituições, haverá apresentações de trabalhos, seguidas de debates. Para mais informações, acesse: seminario19642014.wordpress.com.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave