Após cobrar "promessa", Ronaldo chama Romário de oportunista

Membro do COL, o pentacampeão rebateu o atual deputado federal sobre os ingressos para deficientes

iG Minas Gerais | Da Redação |

Foto postada por Romário. Na publicação, ele lembra que Ronaldo prometeu os ingressos para deficientes
Reprodução Instagram
Foto postada por Romário. Na publicação, ele lembra que Ronaldo prometeu os ingressos para deficientes

Após a publicação do deputado federal e ex-jogador Romário sobre os ingressos para deficientes na Copa do Mundo, o membro do Comitê Organizador Local (COL) e também ex-atleta, Ronaldo, usou as redes sociais para rebater as críticas do político. 

No último sábado, Romário postou uma foto no Instagram e cobrou as entradas para pessoas com deficiência, conforme definido em reunião de 2011. Na publicação, ele direcionou as críticas a Ronaldo. 

"Galera, boa noite! Seguinte: essa foto foi tirada em 2011, qdo ele Ronaldo, prometeu publicamente, as entradas das pessoas com deficiências. E até agora nada!!!", publicou Romário. 

Nesta segunda-feira, o ex-atacante postou um texto no Facebook para responder ao deputado. Dentre outras coisas, Ronaldo falou em oportunismo e ignorância de Romário. Ele afirmou não ser o responsável pelo cumprimento do que foi levantado pelo político. 

"Venho honrando o meu compromisso e é lamentável ver o Romário, mais uma vez, ir à público me responsabilizar por coisas que vão além da minha alçada. Oportunismo em cima da minha imagem ou ignorância mesmo, eu não sei. O que eu sei é que se, em vez de gastar tempo e energia tentando me denegrir, o deputado se dedicasse a cobrar as pessoas/instituições certas, todos nós ganharíamos mais", postou Ronaldo. 

O parlamentar cobra a realização de uma audiência para definir a distribuição de 32 mil ingressos para pessoas com deficiência. Ele também lembrou que o anúncio desta doação foi feito em evento que contou com a presença de, além de Ronaldo, do ex-jogador Bebeto e membros da Frente Parlamentar das Pessoas com Deficiência. 

Como resposta, Ronaldo orienta o baixinho a questionar os verdadeiros responsáveis. 

"Mas não sou político, não represento a CBF, e não prometo nada que eu não possa cumprir. E embora hoje, incoerente, o deputado se refira a mim como o autor da promessa, ele deixou claro quando a doação dos ingressos foi anunciada: trata-se de um compromisso da Confederação.

Romário, no site da CBF, atualmente presidida pelo José Maria Marin, consta uma lista de nomes da diretoria os quais você pode (e deve) cobrar. Aguardo novidades ansiosamente, como todos. E se precisa do meu apoio, seja ao menos mais educado numa próxima vez", escreveu Ronaldo. 

Leia tudo sobre: RonaldoRomáriofutebolbrasilCopa do Mundopolêmicaredes sociaisingressosdeficientes