Molico-Nestlé está a uma vitória de recorde histórico de vitórias

Equipe de Osasco pode superar marca do Leite Moça se vencer o Brasília Vôlei-DF, na quinta-feira

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Equipe de Osasco já tem foco mirado nos play-offs, que não permitem descuidos
LUIZ PIRES - FOTOJUMP
Equipe de Osasco já tem foco mirado nos play-offs, que não permitem descuidos

O Molico-Nestlé está próximo de bater um histórico recorde na Superliga feminina. Depois de vencer, na última sexta-feira, o Unilever-RJ, o time de Osasco chegou à 26ª vitória consecutiva na competição, terminando a fase de classificação na liderança de maneira invicta.

Se vencer mais um jogo, a equipe supera a marca de 26 vitórias do Leite Moça, campeão brasileiro na temporada 1995/1996, vencendo todos os seus jogos.

Se passar pelo Brasília Vôlei, na quinta-feira, no primeiro jogo das quartas de final, o Molico supera o time que tinha Ana Moser e Fernanda Venturini no elenco.

Ao todo, foram 17 vitórias, por 3 sets a 0; sete, por 3 a 1; e duas, por 3 a 2. São 78 sets vencidos contra somente 11 perdidos.

Mesmo com boa chance de colocar seu nome na história do vôlei nacional, o time se mostra focado nos play-offs, que não permitem descuidos.

“A equipe está de parabéns por essa fase de classificação maravilhosa. Mesmo depois de já ter conquistado a classificação, continuamos trabalhando com muita vontade e visando crescer em todos os fundamentos. Esse grupo teve uma postura incrível durante a fase de classificação, principalmente nos treinamentos, com as atletas sempre dispostas a trabalhar", elogia o técnico Luizomar de Moura

"Tivemos números e uma campanha brilhantes nessa primeira fase, mas neste momento já voltamos nosso foco para os playoffs. As jogadoras estão conscientes de que agora começa um novo campeonato. Teremos o Brasília pela frente e o nosso foco é total na busca pela classificação. Vamos trabalhar bastante para que o time evolua ainda mais para essa reta decisiva da competição”, completa.