Copa vai cancelar 805 voos em oito cidades-sede

Medida acontece porque haverá zona de exclusão aérea perto dos estádios

iG Minas Gerais | Da Redação |

Em Belo Horizonte, os voos afetados serão os da Pampulha
CRISTIANO TRAD / O TEMPO
Em Belo Horizonte, os voos afetados serão os da Pampulha

A partir desta semana, passageiros que compraram bilhetes aéreos para o período da Copa do Mundo começarão a ser avisados do cancelamento ou remanejamento de seus voos para atender às normas de segurança do torneio. De acordo com o jornal “O Globo”, 805 voos das companhias Gol, TAM, Azul e Avianca devem ser cancelados em oito das 12 cidades-sede (Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Cuiabá, Manaus, Fortaleza, Recife, Salvador e Curitiba). Outros 150 voos devem ser remanejados, chegando a quase mil voos afetados. As medidas vão mudar os planos de cerca de 16 mil passageiros que pretendem voar entre 12 de junho e 13 de julho.

Exclusão. As mudanças acontecerão porque durante os horários de jogos da Copa serão implantadas zonas de exclusão no espaço aéreo brasileiro, o que impede voos de qualquer aeronave comercial em um raio de sete quilômetros a partir dos estádios onde acontecem as partidas. Aviões militares serão autorizados a voar nas áreas de exclusão em situações excepcionais.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave