Piloto falou com controle de tráfego após sinalização ser desligada

A informação divulgada pelo jornal The New York Times foi confirmada neste domingo (16) pelo ministro da defesa da Malásia

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

O jornal The New York Times informou neste domingo (16) que um dos pilotos do voo MH-370, que sumiu no último dia 7 de março, teria falado com o controle de tráfego aéreo após o sistema de sinalização da aeronave ter sido desligado. A autoridade da Malásia que repassou a informação ao jornal norte-americano também informou que, na comunicação, o piloto não teria mencionado qualquer tipo de problema.

A informação serve para reforçar a teoria de que pelo menos um dos pilotos esteja envolvido no desvio do avião, que transportava 239 pessoas. Ainda conforme o jornal, autoridades da Malásia já estariam investigando a casa dos funcionários da companhia aérea.

O ministro da Defesa da Malásia, Hishammuddin Hussein, confirmou a informação durante uma coletiva de imprensa neste domingo. "Sim, ele foi desativado antes", disse de forma curta sobre o desligamento do sistema de sinalização.

Nos últimos dias, o primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, confirmou que o voo MH-370 teve os sistemas de comunicação desligados e que a aeronave poderia ter sido conduzida até dois pontos possíveis, sendo a Indonésia ou a fronteira entre Cazaquistão e Turcomenistão.

O primeiro-ministro ainda informou que que o voo mudou de rota e voou durante 6 horas na direção oeste, após o último sinal da aeronave. Ele ainda explicou que, com as novas informações obtidas, o avião continuou emitindo sinais para um satélite até as 8h14 locais de sábado.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave