Messi marca três e se torna o maior goleador da história do Barça

O antigo recordista era Paulino Ancántara, que defendeu o clube espanhol entre 1912 e 1927

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Messi abriu o caminho para a vitória catalã na Liga dos Campeões
UEFA/REPRODUÇÃO/SITE OFICIAL
Messi abriu o caminho para a vitória catalã na Liga dos Campeões

Aos 26 anos, Lionel Messi coleciona feitos incríveis. Neste domingo, chegou a mais um. Com os três gols que anotou na goleada por 7 a 0 sobre o Osasuna, no Camp Nou, pelo Campeonato Espanhol, tornou-se o maior artilheiro do Barcelona em todos os tempos no somatório de jogos oficiais e amistosos. Ninguém balançou mais as redes com a camisa do Barça do que ele.

Agora são 371 gols pelo Barcelona, sendo 344 em partidas oficiais e 27 em amistosos. O antigo recordista era Paulino Ancántara, que defendeu o clube entre 1912 e 1927 e marcou 369 gols, a enorme maioria (229) em partidas não oficiais. Como precisou de 425 partidas para chegar aos 371 gols, Messi ostenta uma média de 0,87 gols por jogo.

Apesar de ter ficado boa parte da temporada machucado, Messi já encosta na artilharia do Espanhol, com 18 gols, atrás de Diego Costa (22) e Cristiano Ronaldo (25). Nos últimos nove jogos pelo Barcelona, marcou 12 gols. Na temporada, pelo clube, são 33 jogos oficiais e 31 gols marcados.

Com mais dois gols, Messi, que já fez 233 em Campeonatos Espanhóis, vai passar o mexicano Hugo Sánchez (234) como o maior artilheiro estrangeiro da história da competição. A dez rodadas do fim do torneio nesta temporada, ele não deve ainda alcançar Telmo Zarra como maior da história. O ex-jogador do Atlético de Bilbao anotou 251 gols na carreira pelo Espanhol.  

Leia tudo sobre: messihistoriabarcelonagols