Neymar não sai do banco e Barcelona faz 7 a 0 no Osasuna

Messi teve grande atuação e marcou três gols; Sánchez, Iniesta, Tello e Pedro foram os responsáveis pelos outros

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Argentino conduziu Barça à mais uma vitória no Espanhol
BARCELONA/DIVULGAÇÃO
Argentino conduziu Barça à mais uma vitória no Espanhol

O Barcelona voltou a ser o Barcelona neste domingo. Em casa, contou com três gols de Lionel Messi para fazer implacáveis 7 a 0 sobre o Osasuna, no Camp Nou, pela 28ª rodada do Campeonato Espanhol. Talvez coincidentemente, foi a terceira grande vitória da equipe no Espanhol e em toda Neymar estava no banco de reservas. Desta vez, porém, o brasileiro sequer entrou.

Desde que chegou a Barcelona, esta foi a primeira vez que o craque da seleção brasileira passou 90 minutos no banco de reserva, não sendo chamado pelo técnico Tata Martino a participar do jogo. Sem ele, o ataque teve Messi, Alexis Sánchez e Pedro. Fàbregas também ficou no banco.

Antes bastante acostumado a goleadas, o Barcelona só venceu três jogos na temporada do Espanhol com placares verdadeiramente elásticos. Fez 7 a 0 no Levante, em agosto, 6 a 0 no Rayo Vallecano, em fevereiro, e agora enfiou sete no Osasuna. Dos 20 gols, Neymar só fez um. Na Liga dos Campeões, porém, ele foi titular e marcou três vezes nos 6 a 1 sobre o Celtic.

Neste domingo, Messi abriu o placar, aos 18 minutos, mostrando oportunismo para completar, na pequena área, o cruzamento de Alexis Sánchez. O chileno fez o segundo, aos 22, após boa tabela entre Alba e Iniesta. No terceiro, o Barcelona botou o Osasuna na roda e marcou com um chute potente de Iniesta, estufando a rede desde a entrada da área.

Na segunda etapa, o quarto gol nasceu de trama entre Messi e Iniesta. O argentino passou no meio de três de uma vez só, deixou com o espanhol, recebeu de volta, girou sobre o marcador e fez. O quinto foi ainda mais bonito. Tello fez toda a jogada pela esquerda, recuou driblando o marcador e arriscou. Meteu no ângulo, de fora de área. O goleiro só olhou.

No finalzinho ainda deu tempo para mais dois gols. Depois de cinco gols nascendo pelo lado esquerdo, Daniel Alves cruzou para Messi marcar. Nos acréscimos, o argentino assistiu Pedro fazer o sétimo.

Com os três grandes vencendo na mesma rodada pela primeira vez em quatro rodadas, nada muda no Espanhol. O Real Madrid, com 70 pontos, tem três de folga sobre o Atlético de Madrid e quatro em cima do Barcelona. Na briga pelo melhor ataque, agora a vantagem é catalã: 81 contra 77 do Real.

Leia tudo sobre: neymarbarcelonagolmessigoleadaosasunainiestadaniel alvescampeonato espanhol