Avacoelhada

iG Minas Gerais |

Na última rodada da primeira fase do Mineiro, o América busca a classificação para o G-4. Com o objetivo de superar as condições adversas, de visitante, gramado e da formação do time durante a competição, enfrenta a Caldense, às 16h, no Ronaldão, em Poços de Caldas. Embora seja na casa do adversário, o time americano precisa manter a postura ofensiva a fim de buscar a vitória. Carlos Renato e Henrique disputam a vaga de Gilson, suspenso por ter recebido o terceiro amarelo. Assim, a formação tática pode ser transformada em 3-5-2, com o recuo de Diego para a zaga, Leandro Guerreiro na função de líbero e a liberação dos alas. Elsinho, Andrei, Tchô, Willians e Henrique devem ser os principais responsáveis pela transição entre defesa e ataque. Ricardinho é opção ofensiva de velocidade pelos lados. Blitz no Asas Moto Bar, Jacuí, 3.340.

A voz da Massa

Saudações alvinegras! O Galo entra em campo hoje, pelo Mineiro, contra o Boa Esporte, mas a verdade é que todos já estamos com a cabeça no jogo da Libertadores, quarta que vem. Jogo este, que pode e será o da classificação antecipada. Mas, nem por isso, deixaremos o jogo de hoje de lado, pois ele tem bons atrativos que valem a pena conferir de perto. O primeiro, e principal deles, é que é o Galão em campo e só isso já vale a nossa presença. Também porque o time reserva, que vai atuar, vem jogando muito bem e merece o nosso prestigio. E mais, a escalação do jovem atacante Carlos como titular nesse jogo – há muito tempo eu venho dizendo que esse menino é bom, e ainda vai nos dar muita alegria. Só lamento a não escalação de Marion no lugar de André. Tirando isso, o jogo promete. Vamos todos vestir o manto alvinegro e partir para o Horto. Fui!

A voz Celeste

Jogar contra do Tombense, pensando no jogo de quinta-feira contra o Defensor, é um treino de luxo para o Cruzeiro, que garantiu a primeira colocação na fase de grupo do Mineiro. Mas o adversário ainda tem chance de se classificar para a semifinal. E outros clubes também dependem do resultado do maior de Minas, para tentarem uma vaga. Portanto, não tem moleza e vamos encarar o jogo com a maior seriedade. E o time sensação – o alternativo – é que vai estar em campo. Tenho dito que prefiro o Cruzeiro atuando sem um centroavante fixo, com os meias e os atacantes chegando em velocidade e, diga-se de passagem, que velocidade esses garotos imprimem ao jogo. Vários leitores me perguntam na rua porque o Elber não é titular no Cruzeiro. Outros, no meu Twitter, me questionaram quando falei que o garoto merece chances reais. Nem Jesus agradou a todos, quem somos nós para agradar.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave