Norte-americano é preso após atropelar duas pessoas no centro de BH

Paul Zachary, de 36 anos, que está na capital mineira a serviço, teria se assustado após ser cercado por três homens armados em frente ao Mercado Novo; vítimas, entre eles uma menor, tiveram escoriações leves

iG Minas Gerais | Fábio Corrêa |

Um norte-americano foi preso na manhã deste sábado (15) após atropelar duas pessoas, entre eles uma menor, na avenida Olegário Maciel, no centro de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar, Paul Zachary, de 36 anos, teria fugido do local após o incidente. Já o estrangeiro alega que, momentos antes do atropelamento (por volta das 5h da manhã),  havia sido ameaçado por três homens armados ao sair de uma festa no Mercado Novo, localizado nas imediações da ocorrência. As vítimas, um jovem de 19 anos e uma menor de 17 (encaminhada ao João XXIII), tiveram escoriações leves.

De acordo com a Polícia Militar, o Zachary estava em um Renault Duster alugado quando, em frente ao Mercado Novo, foi cercado por um grupo de três homens. Segundo um amigo do norte-americano de 25 anos, que estava no banco de passageiros do Duster, um dos ameaçadores estaria armado. Assustado, o estrangeiro teria arrancado o carro e se chocado diversas vezes com o meio-fio da Olegário Maciel, o que teria feito os air-bags do veículo serem disparados. Sem visibilidade na direção, ele não teria percebido o atropelamento.

Ao perceber gritos das vítimas, um policial de plantão na avenida Olegário Maciel acionou uma viatura, que conseguiu deter o norte-americano a pouco metros do incidente, próximo ao cruzamento da avenida do Contorno com rua Carijós.

Em entrevista à rádio Itatiaia, a Polícia Militar informou que Zachary teria se envolvido em uma confusão com os três homens ainda dentro do Mercado Novo. Além disso, ele teria apresentado dois sinais de embriaguez: hálito etílico e olhos vermelhos, não confirmados, já que o teste de bafômetro foi recusado pelo detido. O norte-americano seria morador do bairro Santa Amélia e estaria no Brasil a serviço de uma empresa de mineração não divulgada.

Às 13h45 de sábado, ele ainda estava detido na delegacia do Detran, na avenida João Pinheiro, em Belo Horizonte, na presença de um advogado e do cúmplice, que faziam as traduções, já que Zachary não fala português.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave