Desgaste em ano eleitoral

iG Minas Gerais |

Brasília. A oposição na Câmara dos Deputados reagiu ontem às medidas anunciadas pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, para tentar reduzir o rombo das distribuidoras de energia elétrica com uma injeção adicional de R$ 12 bilhões no setor. O líder do DEM na Câmara, deputado Mendonça Filho (PE), criticou duramente o pacote e disse que, ao anunciar que os consumidores ajudarão a pagar as ações, via aumento de tarifa em 2015, o governo “pendura” o reajuste pensando nas eleições presidenciais deste ano, evitando o impacto impopular da medida.

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave