Novos sabores na Disney

Várias dicas de restaurantes para conhecer na cidade da diversão

iG Minas Gerais | RENATO QUINTINO |

Em Winter Park, já existem máquinas que servem pequenas doses de vinhos variados
MARIANA BERNARDES/AGÊNCIA O GLOBO
Em Winter Park, já existem máquinas que servem pequenas doses de vinhos variados

É possível encontrar um restaurante “adulto” na Disney? Nada contra Mickey, Pateta e Cinderela andando em volta da mesa, mas gourmet que se preza, quando senta para comer, respeita o ofício de quem cozinha e de quem serve. É uma profissão séria, não é brincadeira. Infelizmente, hoje não precisamos estar na Disney para encontrar restaurantes “infantis”: existem chefs que não cozinham nunca, restaurantes pretensiosos sem profissionalismo e infraestrutura e lugares onde “se tem que dar sorte”, com preços abusivos pelo que oferecem e onde as desventuras – para quem quer comer bem – serão inevitavelmente em série. A comida pode ser simples, é claro, mas deve ser sempre feita com esmero e respeito pela profissão. O mesmo vale para quem serve a mesa, pois, quem sai para comer fora quer ser bem-tratado. Afinal, o mercado é competitivo e o cliente escolheu estar ali para gastar o seu dinheiro. Até pouco tempo atrás, comer bem na Disney World era quase impossível, com exceção da parte italiana do Epcot Center, onde havia um pão de primeira, azeite extravirgem, bons embutidos e boas conservas. Mas, ainda sim, não era um restaurante, era comprar, montar um sanduíche e comer em pé mesmo. E, felizmente, havia ainda algumas opções de vinhos italianos.

Evolução Os norte-americanos, em média, parecem não relacionar boa comida com vinho. Existem várias feiras de produtos orgânicos e biodinâmicos pelo país onde a comida é excelente, mas para beber, existem apenas água e sucos. Falta ainda, nesse ponto, aprender com os franceses, que, mesmo num quiosque de uma praia francesa remota do Caribe, servem um vinho rosé gelado. O cinema norte-americano, muitas vezes, desqualifica a comida – normalmente, quem come é o vilão, principalmente uma coxa de frango ao lado de sua gangue e namorada delinquente, numa mesa malposta. Mas, num mundo onde comer bem é cada vez mais um valor, a boa comida já está presente em Orlando e dentro da Disney. Continua tendo um “toque Disney” em tudo, mas o cenário é outro, fato perceptível no lançamento, no ano passado, do guia Zagat para Disney World e Orlando.

Os dez mais As dicas são boas, desde o Jiko, dentro do Animal Kingdom (com alta cotação), ao Paradiso 37, em Downtown Disney. E a boa novidade é que além da relação dos dez melhores restaurantes, há também a relação das dez melhores cartas de vinhos (lista completa em: http://www.disneyfoodblog.com/2012/12/10/best-disney-world-restaurants-according-to-zagat/). Não há ninguém, em sã consciência, que não se divirta na Disney. O bacana é que, agora, gourmets e gourmands podem se deliciar com sua diversão preferida.

Receita   Preparo da massa: numa vasilha, misture 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo com 10 colheres (sopa) de manteiga sem sal. Faça uma mistura homogênea com a ponta dos dedos, como se fosse uma farofa. Acrescente 2 a 3 colheres (sopa) de água fria para dar liga. Em seguida, abra a massa com um rolo sobre uma superfície polvilhada com farinha de trigo. Unte uma forma de fundo falso com manteiga, coloque a massa em cada um, cubra com papel manteiga e 1 kg de feijões crus e leve ao forno preaquecido a 200 graus. Pré-asse a massa por 15 minutos, retire os feijões. Reserve. Preparo do recheio: bata 6 claras com 1 colher (sopa) de açúcar até antes do ponto de neve firme. Derreta 230 g de chocolate meio-amargo com 8 colheres (sopa) de manteiga sem sal em banho-maria, em fogo médio. Retire a vasilha do banho-maria e acrescente 6 gemas, uma de cada vez, misturando sempre. Coloque 1 xícara de açúcar, 2 colheres (sopa) de farinha de trigo e 1 xícara de farinha de amêndoas. Misture bem. Coloque 1/3 das claras batidas e misture. Acrescente as claras restantes e misture. Coloque o recheio na forma com a massa pré-assada e asse por cerca de 20 minutos, retire do forno, espere esfriar um pouco, desenforme, fatie, salpique o cacau em pó por cima e sirva.  

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave