EUA abre mão da entidade que controla a internet global

Medida é uma resposta do presidente Barack Obama a questionamentos de países como Brasil e Alemanha

iG Minas Gerais | DA REDAÇÃO |

Em resposta a Alemanha e Brasil, presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, abre mão de entidade que controla internet
Associated Press
Em resposta a Alemanha e Brasil, presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, abre mão de entidade que controla internet

A entidade norte americana sem fins lucrativos, Icann, responsável por administrar domínios de internet com .gov e .com, deixará de ficar sob os cuidados do Departamento de Comércio do governo dos Estados Unidos.

A medida é uma resposta do presidente Barack Obama a questionamentos de países como Brasil e Alemanha, que foram espionados pelos norte-americanos. Os dois países acreditam que a administração da rede deve ser descentralizada.

O Departamento de Comércio dos EUA acredita que o novo gerenciador deveria ser formado por uma coalizão - Contrato de cooperação - com membros de vários países.  

A declaração descarta a sugestão da Alemanha ao Brasil de que a entidade deveria ficar sob o controle da Organização das Nações Unidas (ONU).

Uma exigência feita por esses dois países é que a segurança da plataforma seja preservada independente do gestor. 

Leia tudo sobre: EUA; OBAMA; BRASIL; ALEMANHA