RJ Vôlei espera manutenção do time para a próxima temporada

Equipe superou dificuldades financeiras durante Superliga masculina e teve esforço reconhecido pela torcida após eliminação

iG Minas Gerais | DANIEL OTTONI |

Fronckowiak espera uma definição rápida para ter um segundo levantador à disposição
ALEXANDRE ARRUDA - CBV
Fronckowiak espera uma definição rápida para ter um segundo levantador à disposição

Após ser derrotado para o Vivo-Minas nas quartas de final da Superliga masculina, a torcida do RJ Vôlei, eliminado dentro de casa na segunda partida da série, não demorou a aplaudir de pé o time, reconhecendo o esforço diante de todas as dificuldades vividas na temporada. O quinto lugar ao final do torneio ficou de bom tamanho, diante das circunstâncias que foram encontradas.

Durante o ano, o time conviveu com atraso de salários e um verdadeira desmanche do elenco, que perdeu suas principais peças, entre eles jogadores da seleção como o levantador Bruninho, o oposto Leandro Vissotto, o ponta Thiago Alves e o central Maurício Souza.

Para a próxima temporada, o RJ espera continuar contando com o apoio de quem mostrou confiança no projeto.

"Furnas já confirmou a parceria até 2016. Continuamos conversando com a Ironage e a Oi, que também nos patrocinaram na temporada. O objetivo é ter as condições necessárias para formar um time competitivo", analisa o diretor José Inácio Salles.

O técnico Marcelo Fronckowiak também acredita na manutenção da equipe, que depende de patrocinadores para continuar ativa e fazendo valer a representatividade de uma equipe da cidade do Rio de Janeiro no maior torneio do país.

"Nunca havia acontecido a queda de um patrocinador master no meio da temporada. Um situação atípica. Mas conseguimos seguir em frente e reconstruir o time a partir de janeiro. Classificamos para os playoffs e, assim, asseguramos uma vaga na Superliga 2014/15. O José Inácio não tem medido esforços para garantir

Leia tudo sobre: Clique para inserir palavras chave