Vettel admite 'alívio' após bom desempenho em treino

Alemão cravou o quarto melhor tempo do dia, superando as baixas expectativas que rondavam a Red Bull

iG Minas Gerais | AGÊNCIA ESTADO |

Tetracampeão da F-1 se destacou nos treinos desta sexta-feira
DIVULGAÇÃO/FÓRMULA 1
Tetracampeão da F-1 se destacou nos treinos desta sexta-feira

Sebastian Vettel não escondeu o alívio após se destacar nos treinos livres do GP da Austrália, nesta sexta-feira, em Melbourne. O atual tetracampeão da Fórmula 1 surpreendeu ao cravar o quarto melhor tempo do dia, superando as baixas expectativas que rondavam a Red Bull.

"De uma certa forma, foi um alívio hoje. Conseguimos completar muitas voltas, não tivemos qualquer problema, o equilíbrio do carro estava bom e a performance pareceu legal", afirma o alemão descartado da lista de favoritos desde que a Red Bull decepcionou nos testes da pré-temporada.

Com dificuldade para se adaptar aos novos motores Renault, turbo V6 de 1,6 litro, a equipe austríaca mal conseguiu deixar os boxes durante os testes em Jerez e no Bahrein. Completou poucas voltas e sofreu com seguidos problemas no motor, com concepção renovada para atender às exigências do novo regulamento técnico da F1.

Foi por essa razão que o desempenho de Vettel e do companheiro Daniel Ricciardo, substituto de Mark Webber, surpreendeu os concorrentes nesta sexta. "Estou muito feliz. Faremos o que for possível para nos prepararmos para amanhã e para domingo", diz Vettel, que mantém a cautela apesar da súbita reação da Red Bull. "O mais importante ainda será terminar a corrida".

O crescimento recente da Red Bull, depois dos testes, se confirma pela boa performance apresentada também por Ricciardo. No primeiro treino livre, o australiano chegou a superar Vettel. Na segunda sessão, foi o sexto mais rápido.

"Não esperávamos completar tantas voltas hoje, por isso estou tão satisfeito. Temos que ser positivos. Sabemos que a Mercedes é a mais rápida, mas nós estamos um segundo atrás deles, o que é algo bem melhor do que estávamos esperando", admite o piloto da casa. "Vamos ver se isso vai se repetir amanhã". O treino classificatório está marcado para as 3 horas deste sábado (horário de Brasília).

Leia tudo sobre: sebastian vettelformula 1f-1esporteautomobilismo